Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cabo Daciolo se filia ao PDT podendo disputar uma vaga no Senado ou Câmara

    Anteriormente, ex-parlamentar havia anunciado sua pré-candidatura ao governo do Rio de Janeiro pelo Pros

    Cabo Daciolo, ex-deputado federal
    Cabo Daciolo, ex-deputado federal Luis Macedo/Câmara dos Deputados

    Douglas PortoBárbara Brambilada CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    O ex-deputado federal Cabo Daciolo se filiou, nesta sexta-feira (1º), ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Rio de Janeiro. Ainda não há definição se ele irá disputar uma vaga no Senado Federal ou na Câmara dos Deputados.

    Em dezembro do ano passado, Daciolo retirou sua candidatura ao Palácio do Planalto, até então pelo Brasil 35, antigo Partido da Mulher Brasileira (PMB), em aceno ao pré-candidato Ciro Gomes (PDT). Na ocasião, ele afirmou ter sido tocado por um “espírito santo”.

    “O espírito santo está me tocando aqui, e eu quero dizer para você que o Cabo Daciolo não é mais pré-candidato à Presidência da República”, disse o ex-bombeiro militar.

    Nas eleições de 2018, o ex-parlamentar ficou em sexto lugar na corrida presidencial com 1.348.323 votos, estando à frente de nomes consolidados da política nacional, como o ex-minsitro da Fazenda Henrique Mereilles e da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva.

    Em 15 de março, Daciolo anunciou sua pré-candidatura ao governo do Rio de Janeiro pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros).

    Mais Recentes da CNN