Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cabral nega ser ele o homem que agride mulher em vídeo que viralizou

    Ex-governador do RJ diz que se trata de fake news criada por adversários

    Cabral negou que seja ele em vídeo que circula nas redes sociais
    Cabral negou que seja ele em vídeo que circula nas redes sociais Foto: Estadão Conteúdo

    Marcos Rosendoda CNN

    São Paulo

    O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral afirmou à CNN que é falsa a informação que diz ser ele o homem que agride uma mulher em um vídeo que viralizou nas redes sociais neste sábado (6).

    As imagens mostram um homem calvo discutindo com uma mulher que fala ao telefone no canteiro central de uma avenida. Em certo momento, esse homem se altera ainda mais e desfere uma cusparada contra a mulher.

    Como o vídeo foi gravado a uma certa distância, não é possível ter certeza da identidade das pessoas envolvidas. Nas redes sociais, usuários começaram a associar o agressor a Sérgio Cabral.

    O ex-governador do Rio de Janeiro conversou com a CNN e negou que ele seja o homem que aparece no vídeo. “Isso é fake news. O impulsionamento desse vídeo e a viralização nas redes sociais é um ato dos meus adversários loucos”, disse. Cabral não esclareceu, no entanto, a quais adversários se referia.

    A CNN não conseguiu identificar o autor das imagens nem o local onde tudo ocorreu e, portanto, não foi possível apurar os fatos do vídeo.

    Vídeo circula nas redes sociais / Reprodução