Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Câmara de São Paulo aprova projeto sobre privatização da Sabesp em 1º turno

    Sessão foi marcada por discussões e manifestações de opositores ao processo

    Suzana Busanello/CNN

    Maria Clara MatosHenrique Sales BarrosSuzana Busanelloda CNN

    São Paulo

    A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em primeiro turno, o projeto que autoriza a capital a aderir à privatização da Sabesp, companhia do estado responsável pelo abastecimento de água na cidade.

    A votação aconteceu nesta quarta-feira (17). Foram 36 votos a favor e 18 contra.

    A sessão foi marcada por discussões e manifestações de opositores ao processo de privatização da empresa, e um homem chegou a ser detido.

    A privatização da estatal foi aprovada em dezembro de 2023 e sancionada pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos). O projeto permite a adesão da cidade à privatização. Os municípios devem agora decidir aderir ou não.

    O governador chegou a afirmar que o clima para a votação seria “bastante favorável”.

    “Estamos acompanhando com bastante otimismo a votação na Câmara de Vereadores, em primeiro turno. O clima é bastante favorável. Estamos seguindo à risca todos os cronogramas”, disse Tarcísio.

    Segundo apuração do analista de política da CNN Caio Junqueira, o chefe do executivo paulista aprovou em reunião fechada no Palácio dos Bandeirantes na noite desta quarta-feira as regras de governança que serão seguidas pela Sabesp após a venda da estatal.

    Apesar da aprovação, outra audiência pública está prevista para acontecer amanhã, quinta-feira (18), na sede do Legislativo paulistano. A segunda votação acontece apenas após o fim das audiências.

    Tópicos

    Tópicos