Carlos Viana diz que será o próximo líder do governo no Senado

No cargo informal há dois meses, senador disse que indicação será publicada no Diário Oficial nesta noite

O senador Carlos Viana (PSD-MG) (12.abr.2021)
O senador Carlos Viana (PSD-MG) (12.abr.2021) Foto: Reprodução/CNN

Gabriela Vinhalda CNN

em Brasília

Ouvir notícia

O senador Carlos Viana (PL-MG) será o próximo líder do governo no Senado. À CNN Brasil, o parlamentar mineiro afirmou que aceitou nesta quarta-feira (6) o convite do presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ) e deve ficar no cargo ao menos até julho. “Depois faremos uma avaliação”, disse.

Segundo Viana, o prazo foi sugerido pelo próprio chefe do Palácio do Planalto, que é quando começa a campanha eleitoral. O senador é pré-candidato ao governo de Minas Gerais. Questionado, o parlamentar afirmou que “pode ficar até o fim do ano”, mas, no momento, segue como pré-candidato.

No fim do ano passado, Viana já havia trocado o PSD pelo MDB para concorrer ao governo mineiro. A migração para o partido do presidente ocorreu apenas na semana passada.

“Já vinha exercendo a liderança do governo há dois meses. Venho ocupando o cargo e, na sexta-feira, conversamos [ele e o presidente Bolsonaro] sobre as questões de Minas Gerais e ele me convidou para ir ao PL e me perguntou se eu poderia ser líder”, contou Viana.

Dessa maneira, Bolsonaro teria palanque em Minas, segundo maior colégio eleitoral do país. Segundo Viana, o principal pedido do presidente foi “evitar pautas bombas que gerem risco ao orçamento e continuar discutindo a reforma tributária”.

Mais Recentes da CNN