Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cinegrafista de afiliada da Globo é agredido na porta da casa de Roberto Jefferson

    Ele foi atingido pelas costa, caiu com a câmera e bateu a cabeça

    Da CNN*

    Um repórter cinematográfico de uma afiliada da TV Globo que trabalhava em Comendador Levy Gasparian, no interior do Estado do Rio de Janeiro, foi agredido durante a cobertura do caso da resistência à prisão do ex-deputado Roberto Jefferson na porta da residência do ex-parlamentar na tarde deste domingo (23). O ex-deputado Roberto Jefferson se entregou para Polícia Federal na noite deste domingo.

    A CNN Brasil reitera sua defesa irrestrita da democracia e repudia, portanto, todo tipo de atentado à liberdade de imprensa.

    Rogério de Paula trabalha na InterTV e foi agredido pelas costas por um dos apoiadores de Jefferson que estavam no local.

    “Um profissional premiado e com mais de 30 anos de empresa, foi atingido pelas costas enquanto trabalhava. A Rede Inter TV, afiliada Globo, está dando todo o apoio ao seu profissional e vai buscar na Justiça a punição aos agressores”, disse a afiliada por meio de uma nota oficial.

    Momento em que o ex-deputado é levado de sua casa pela Polícia Federal / Reprodução/CNN

    Paula, que tem 59 anos, levou um soco, caiu no chão e chegou a bater a cabeça. A câmera com a qual ele trabalhava quebrou na queda.

    O cinegrafista foi levado para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios, onde passa por exames.

    “A Inter Tv ainda não emitiu Boletim de Ocorrência porque o cinegrafista Rogério de Paula precisará passar a noite no hospital. Assim que ele receber alta, o boletim de ocorrência será feito”, declarou a InterTV.

    (André Luiz Rosa, Gabriela Ghiraldelli, Manoela Carlucci e Carolina Farias)