Convidado a se retirar do Cidadania, Kajuru mira o Podemos

Senador telefonou ao líder da sigla, Álvaro Dias, manifestando desejo de filiação

Renata Agostinida CNN

Ouvir notícia

Convidado a se desfiliar do Cidadania, o senador Kajuru terá reunião nesta terça-feira (13) com integrantes do Podemos. “Estou conversando com todos os amigos do Podemos e só tomarei uma decisão amanhã. Mas meu sonho é o Podemos”, diz Kajuru.

Ele telefonou ao líder da sigla no Senado, Álvaro Dias, manifestando desejo de filiação na segunda-feira (12), quando a direção do Cidadania decidiu solicitar sua saída do partido.

Segundo Álvaro Dias, os dois já haviam conversado sobre eventual mudança de legenda há cerca de vinte dias, mas o assunto não havia evoluído. Agora a situação mudou e Kajuru precisa encontrar um novo partido. O Podemos tem uma das maiores bancadas do Senado.

O diálogo de Kajuru com o presidente Jair Bolsonaro, divulgado pelo próprio senador, casou constrangimento dentro do Cidadania. Houve forte reação de parlamentares da sigla.

Nota assinada pelo presidente do Cidadania, Roberto Freire, diz que o partido “reafirma a defesa irrestrita do Estado Democrático, dos valores republicanos e da separação entre os Poderes”.

“O Cidadania se orgulha da posição de liderança no cenário nacional assumida pelo senador Alessandro Vieira (SE), seja no enfrentamento da pandemia, seja no combate à corrupção, na fiscalização do Executivo ou na mitigação da tragédia social que atinge e empobrece a nossa população. Se o país discute a instalação de uma CPI e a indicação de seus integrantes, é por seu papel como líder do partido no Senado e signatário do Mandado de Segurança”, diz trecho da nota do Cidadania.

Senador Jorge Kajuru em pronunciamento
Senador Jorge Kajuru em pronunciamento
Foto: Pedro França/Agência Senado

Mais Recentes da CNN