Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CPI do MEC é oportunidade para campanha contra nós, diz Bolsonaro

    Segundo o presidente, as denúncias que fundamentam o requerimento para a abertura do colegiado dizem respeito a um tema que parece “encerrado”

    O presidente Jair Bolsonaro
    O presidente Jair Bolsonaro Isac Nobrega

    Da CNN

    Ouvir notícia

    O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou pela primeira vez nesta quarta-feira (29) a possibilidade de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar denúncias envolvendo o Ministério da Educação.

    Segundo o presidente, a CPI do MEC poderia servir para parlamentares de oposição “fazerem campanha” contra o governo.

    Na quarta-feira (28), o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) entregou ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), um requerimento para que seja criado o colegiado para investigar suspeitas de tráfico de influência e corrupção passiva na pasta.

    Em evento da Confederação Nacional das Indústrias, o presidente afirmou que as acusações são de “um caso que parece estar enterrado”.

    “Olha uma CPI aí saindo de um assunto que parece que está enterrado. Parece. Mas, quando se abre uma CPI, abre-se um mar de oportunidades para os oportunistas fazerem campanha contra a gente.”

    Na semana passada, Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação de Bolsonaro, foi preso preventivamente por suspeitas de ter recebido vantagens indevidas enquanto estava no cargo. Também foram presos pastores evangélicos sem cargos na pasta acusados de pedir propina a prefeitos em troca de liberação de verbas da Educação.

    O ex-ministro foi solto no dia seguinte por determinação do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

    O caso veio à tona em março, quando foram divulgados áudios em que Ribeiro afirma que repasses da pasta eram feitos de acordo com indicações de um dos pastores. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que colocaria “a cara no fogo” pelo então ministro.

    Depois da prisão preventiva da semana passada, o presidente disse que exagerou em sua declaração e que colocaria apenas “a mão no fogo”.

    Debate

    CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

    Fotos – Os pré-candidatos à Presidência

    *Publicado por Renan Porto

    Mais Recentes da CNN