Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Decisões do STF reafirmam necessidade de freio para estabilizar Brasil, diz Barbalho

    Em entrevista à CNN, governador do Pará também comentou oficialização da candidatura brasileira para que Belém seja a sede da COP30 em 2025

    CNN

    O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), afirmou que as decisões tomadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde os atos criminosos no último domingo (8) em Brasília reafirmam necessidade de estabilização no país.

    Nesta quarta (11), o plenário virtual da Corte formou maioria para manter a decisão de afastamento do cargo do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), por 90 dias. O colegiado também manteve a prisão do ex-ministro Anderson Torres e do ex-comandante da PM do DF Fábio Augusto Vieira.

    Em entrevista à CNN, Barbalho disse que este movimento realizado pelo STF é uma “afirmação por parte do Poder Judiciário em confronto à gravidade dos eventos ocorridos”.

    “Claramente os Poderes constituídos do Brasil elevaram suas decisões para, na mesma proporção da gravidade dos fatos, reafirmar que se faz necessário um freio de arrumação para permitir com que a estabilidade política, administrativa e, acima de tudo, institucional do Brasil possam estar num patamar de normalidade e regularidade”, acrescentou.

    Também nesta quarta, foi anunciado que  o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) formalizou a candidatura de Belém para sediar a COP30, que ocorrerá em 2025.

    O governador paraense afirmou que receber a COP envolve um desejo do Brasil retornar ao protagonismo climático no mesmo patamar de quando recebeu a Rio-92.

    “E nada melhor do que receber na Amazônia. Vamos discutir o ambiente mundial da pauta ambiental na Amazônia para que conheçam nossas peculiaridades e desafios”, concluiu.

    * Publicado por Léo Lopes