Deputados debatem pedido de Bolsonaro para que PGR investigue Moraes

Alessandro Molon (PSB-RJ) e Ricardo Barros (PP-PR) discutiram questões políticas e jurídicas que envolvem o cenário

Thiago FélixVinícius TadeuRenata Souzada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Em debate realizado pela CNN nesta quarta-feira (18), os deputados federais Alessandro Molon (PSB-RJ) e Ricardo Barros (PP-PR) discutiram o pedido protocolado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na Procuradoria-Geral da República (PGR) de investigação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

“Como o ministro [Dias] Toffoli não mandou à PGR, que seria o caminho comum, normal, previsível, o presidente mandou o processo ao procurador-geral da República para que ele avalie se houve ou não abuso de autoridade por parte do ministro Alexandre de Moraes. Este processo de abuso de autoridade pode provocar uma suspeição do ministro Alexandre de Moraes para julgar questões relativas ao presidente Bolsonaro”, afirmou Barros.

“Ele quer criar uma ideia de suspeição do ministro Alexandre de Moraes, porque o ministro Alexandre de Moraes vai presidir o Tribunal Superior Eleitoral durante as próximas eleições, que o presidente da República vai perder. Como o presidente da República vai questionar esse resultado, e ele já vem anunciando isso há anos, na verdade, então ele tenta lançar suspeitas sobre o ministro”, disse Molon.

Na segunda-feira (16), Bolsonaro ajuizou uma notícia-crime contra Moraes no STF. No entanto, o ministro Dias Toffoli, que seria o relator, rejeitou o pedido de investigação.

Assista à íntegra do debate no vídeo acima.

Mais Recentes da CNN