Doria defende Maia em confronto com Bolsonaro: ‘Atitude respeitosa’

O governador de São Paulo Paulo também explicou a prorrogação do período de quarentena no estado

Marcela Rahal

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN nesta sexta-feira (17), o governador de SP, João Doria (PSDB), avaliou as falas na noite de quinta-feira (16) do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de Rodrigo Maia (DEM), da Câmara. Doria disse ainda que a atitude de Maia foi ‘respeitosa’ ao avaliar o cenário de atrito entre os dois

“Não é hora de críticas e nem de posições como estas, como externou o presidente Jair Bolsonaro. Maia teve uma atitude respeitosa em relação ao presidente da República e obviamente respeitosa em relação ao cargo em que ele ocupa. Não é hora de dividirmos, é hora de somarmos”, disse. 

Doria, que mais cedo anunciou a prorrogação da quarentena  até dia 10 de maio, reforçou que o caminho a ser seguido neste momento é a de paciência, calma e o da ciência. O político também acredita que com as medidas mantidas, a taxa de adesão deverá sair da casa dos 49% e deve aumentar. Além disso, afirmou que ‘não há reposição da vida, e sim, da economia’.

Questionado sobre a troca de comando do Ministério da Saúde e o que espera da pasta neste momento, o governador ponderou. “Fiz uma postagem ontem elogiando Mandetta. Ele foi correto com os estados, com SP; E como médico, ele  seguiu a ciência. Desejei sucesso ao novo ministro Nelson Teich e que siga portanto, a ciência”, conclui Doria.

Mais Recentes da CNN