Doria evita comentar encontro entre FHC e Lula

Interlocutores de Doria avaliaram, nos bastidores, que encontro foi uma "afronta" e um péssimo gesto de FHC

Caio Junqueirada CNN

Ouvir notícia

O governador de São Paulo, João Doria, disse à CNN respeitar muito o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e que por isso mesmo não quis comentar o encontro dele com o ex-presidente Lula

“Não critiquei. Nem elogiei. Respeito o presidente FHC. Por isso me abstive de fazer qualquer comentário”, disse.

No entanto, sob reserva, interlocutores de Doria criticaram o movimento. Avaliaram que foi uma afronta e um péssimo gesto de FHC. Isso porque o grupo de Doria trabalha a ideia de ser o anti-Lula nas eleições presidenciais do ano que vem e tem um histórico de divergências com o petista e críticas duras ao petista.

 

Também houve a avaliação que ao figurar em uma foto com Lula, FHC passa a imagem de que a construção de uma candidatura Doria é inviável e que já deixa no ar que o embate em 2022 é entre Bolsonaro e Lula, sem espaço para uma terceira via.

Os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso (21 de maio de 2021)
Os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso (21 de maio de 2021)
Foto: Divulgação

 

Mais Recentes da CNN