Doria presta homenagem a Bruno Covas: ‘SP terá sempre muito orgulho desse filho’

O prefeito em exercício, Ricardo Nunes (MDB), também afirmou que Covas é referência de integridade, companheirismo e generosidade

Renato Barcellos, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), prestou solidariedade à família do prefeito Bruno Covas (PSDB), que morreu neste domingo (16), e afirmou que “São Paulo terá sempre muito orgulho desse filho querido”. 

“Tive a honra de tê-lo como vice, na prefeitura de São Paulo. E a alegria de ver seus ideais e realizações aprovados nas eleições de 2020. Bruno Covas era sensível, sereno, correto, racional, pragmático e ponderado. Voz sensata, sorriso largo e bom coração. Bruno Covas era esperança. E a esperança não morre: ela segue, com fé, nas lições que ele nos ofereceu em sua vida. Muito obrigado, Bruno. Você foi e continuará sendo para todos nós, um eterno exemplo”, afirmou o governador em nota.

Ricardo Nunes (MDB), prefeito em exercício, afirmou que Covas é referência de integridade, companheirismo e generosidade. “A dor toma conta, perder um amigo, um irmão[…]dói muito”.

Bruno Covas morreu às 8h20 deste domingo, aos 41 anos, vítima de câncer. Desde 2019, Covas enfrentava a doença, inicialmente descoberta no trato digestivo, mas que se espalhou para o fígado e para os ossos. A notícia da morte foi confirmada em nota hoje divulgada pela assessoria do prefeito.

O quadro de saúde do prefeito era considerado irreversível, desde sexta-feira (14), pela equipe de médicos do Hospital Sírio-Libanês, onde estebe internado desde 2 de maio.

O prefeito, que era divorciado, deixa um filho, Tomás Covas, de 15 anos.  

Então vice-prefeito, Bruno Covas anuncia mudanças estruturais na prefeitura
Foto: Hélvio Romero/Estadão Conteúdo

Mais Recentes da CNN