Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições são transparentes e estamos tranquilos, diz coordenador de campanha de Doria

    PSDB anunciou na noite de ontem que a votação das prévias presidenciais do partido será concluída até domingo (28) após instabilidade em aplicativo

    Rafaela LaraElis Francoda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Após o PSDB anunciar na noite desta segunda-feira (22) que a votação das prévias presidenciais do partido será concluída até o próximo domingo (28) diante de instabilidades no aplicativo de votos, o coordenador da campanha de João Doria, Wilson Pedroso, afirma que as eleições “são transparentes”.

    “Estamos tranquilos, são eleições transparentes e de alto nível. Gostaríamos de encerrar em respeito a nossa militância. A campanha de Doria viajou 21 estados conversando com a militância e lideranças do partido. Agora vamos resolver essa questão, votar e anunciar o resultado. A campanha de João Doria com certeza vai comemorar”, disse Pedroso em entrevista à CNN nesta terça-feira (23).

    A decisão pela conclusão da votação das prévias até domingo foi tomada em conjunto pela direção da legenda e dos três candidatos – João Doria, Arthur Virgílio e Eduardo Leite – segundo o PSDB.

    No entanto, Leite afirmou que a nota do partido estava “equivocada” e que não houve esse acordo. Já o presidente do PSDB, Bruno Araújo, afirmou que conversou com Leite antes do anúncio oficial.

    Na avaliação de Pedroso, a fala de Leite “fica parecendo muito que a campanha [do governador do Rio Grande do Sul] não quer saber o resultado das eleições e não quer ver a militância votando.”

    Coordenador de Campanha do João Doria, Wilson Pedroso (23.nov.2021) / CNN / Reprodução

    Pedroso confirma que Leite e Araújo conversaram antes do anúncio da decisão de postergar a votação. “É estranho, combina uma coisa e fala outra. O Bruno [Araújo] ficou 30 minutos falando com Eduardo Leite e depois falou com representantes de campanha.”

    Para o coordenador de campanha do governador do estado de São Paulo, as prévias são democráticas e unem o partido. “O partido sai unido, todos são maduros, eleição se perde ou se ganha. O PSDB vai maior para 2022, entra aquecido para 2022 e organizado porque fez as prévias, acionou a militância. As prévias não dividem, as prévias unem”, disse Pedroso.

    Mais Recentes da CNN