Elon Musk e Bolsonaro se encontram em SP e tratam de conexão na Amazônia

Em Porto Feliz (SP), bilionário tem reuniões com o presidente, empresários e ministros do governo federal

Da CNN

São Paulo

Ouvir notícia

O empresário sul-africano Elon Musk participou na manhã desta sexta-feira (20) de um encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL), no interior de São Paulo, para discutir projetos de conectividade para a Amazônia. O evento ocorreu no hotel Fasano Boa Vista, em Porto Feliz.

Durante o encontro, o bilionário e CEO da Tesla postou nas redes sociais. No Twitter, ele anunciou que trará internet para conectar regiões sem cobertura na Amazônia: “Super animado por estar no Brasil para o lançamento da Starlink para 19 mil escolas desconectadas em áreas rurais e monitoramento ambiental da Amazônia!”

Musk anunciou o projeto que pretende conectar até 19 mil escolas em áreas rurais na Amazônia. Entenda os detalhes do anúncio e como Musk usará o braço da SpaceX para conectar a Amazônia.

Bolsonaro também falou sobre a Amazônia e agradeceu o bilionário: “Contamos com Musk para que a Amazônia seja conhecida por todos, no Brasil e no mundo. Mostrar a exuberância dessa região, como ela é preservada por nós e quantos malefícios causam para nós aqueles que difundem mentiras sobre essa região”.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, publicou no Twitter a chegada de Musk. “Já que vamos conectar a Amazônia, trouxemos um dos maiores empresários do mundo para nos ajudar nessa missão. Aceitamos o desafio e vamos até o fim!”, escreveu, antes de agradecer pela visita.

O avião que trouxe Musk ao Brasil pousou por volta das 9 horas, em Itu.

Além de Bolsonaro e Faria, outros ministros e empresários acompanharam o evento. Nas redes sociais, Fábio Faria postou alguns nomes. “Nessa sexta-feira, o Ministério das Comunicações vai realizar um evento sobre a Amazônia, que vai contar com a presença do presidente Jair Bolsonaro e ministros Ciro Nogueira, General Heleno, Paulo Sérgio e Carlos França.”

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, também postou nas redes sociais sobre o encontro de Bolsonaro com Musk. “Está no Brasil, a convite do ministro Fábio Faria, o empresário Elon Musk, da Tesla. A busca de projetos de tecnologia em favor dos brasileiros é o que move o ministro, que mais uma vez na vanguarda promove proveitoso encontro com o presidente Jair Bolsonaro, em que estarei presente”.

O gabinete do ministro Dias Toffoli também se manifestou sobre o evento: Durante o mencionado evento no interior de São Paulo, o ministro Dias Toffoli participou de cerimônia do Projeto Conecta Amazônia, lançado a partir de parceria firmada entre o Ministério das Comunicações e o Conselho Nacional de Justiça, quando Toffoli presidia o conselho. O CNJ participou ativamente do projeto, que tem o objetivo, dentre outros, de ampliar a qualidade dos serviços digitais para o acesso à Justiça na região Norte do país.

Twitter

Em 25 de abril, Musk anunciou a compra do Twitter por US$ 44 bilhões. Entretanto, na última sexta-feira (13), suspendeu as negociações com a rede social.

Momentos depois, o empresário alegou manter seu comprometimento com o acordo. Segundo o bilionário, houve a interrupção “para aguardar os detalhes pendentes que apoiam o cálculo de que contas spam/falsas representam de fato menos de 5% dos usuários”.

O ministro das Comunicações, Fábio Fariaafirmou à CNN que deposita suas fichas no fim do banimento de usuários do Twitter, após a oferta de Musk.

“Com ele, ninguém será banido”, disse Faria. O político afirmou ainda não acreditar que a negociação impacte nas eleições no Brasil.

O CEO da Tesla e da SpaceX declarou que reverteria o banimento do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump da aplicação. O comentário foi feito em 10 de maio durante um discurso em uma conferência do Financial Times sobre o futuro dos carros.

Com informações de Leandro Magalhães, Vianey Bentes e Douglas Porto. Publicado por André Rigue.

Mais Recentes da CNN