Em Off: a desidratação do Centrão e o futuro de Maia na presidência da Câmara

Debandada de PTB e Pros sinaliza que parte dos partidos com os quais Arthur Lira contava para presidência da Câmara volta seus olhos ao político do DEM

Da CNN

Ouvir notícia

No quadro Em Off desta quarta-feira (14), na CNN Rádio, Daniela Lima analisou a nova debandada do bloco do Centrão, que é liderado por Arthur Lira (PP-AL), e a sucessão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Na terça-feira (13), PTB e o Pros decidiram deixar o grupo e se unir ao PSL, que tem a maior bancada da Câmara, ao lado do PT, movimento que desidrata ainda mais o bloco depois da saída de MDB e DEM, em julho.

“Essa debandada no bloco dele [Arthur Lira] é uma sinalização de que uma parte dos partidos com os quais contava para ter voto e apoio na briga pela presidência da Câmara está voltando seus olhos para Maia”, disse a jornalista.

Assista e leia também:
Arthur Lira sofre revés em articulação na Câmara dos Deputados
Eleição na Comissão do Orçamento será teste para presidências da Câmara e Senado

De acordo com Lima, há alguns dias Maia recebeu uma proposta de acordo em torno da presidência da Comissão Mista de Orçamento, na qual ele cederia a vaga para um nome indicado por Lira, mas teria sido bastante claro sobre o tema.

“Não tem acordo, vou para a briga e vou com tudo”, Maia teria dito a interlocutores, o que a jornalista disse ser um sinal de que, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) libere, o deputado disputará com toda força a presidência da Casa.

(Edição: André Rigue)

Mais Recentes da CNN