Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em votação popular no site da Câmara, 70% discordam totalmente de PL que equipara aborto ao homicídio

    Câmara dos Deputados aprovou urgência para votar texto que criminaliza procedimento após 22 semanas de gestação

    Da CNN

    A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (12) a urgência para votar um projeto de lei (PL 1904/24) que equipara o aborto realizado após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio.

    Rejeição

    Em uma enquete disponibilizada no site da Câmara, 72% dos participantes discordam totalmente com o texto, enquanto 28% concordam com a proposta.

    A votação reflete a controvérsia em torno do tema, que envolve questões complexas de saúde pública, direitos reprodutivos e autonomia das mulheres.

    Debate polarizado

    Apesar do resultado da enquete, o Congresso Nacional segue avançando com a proposta em um Legislativo marcado por posições mais conservadoras. Parlamentares defendem que a medida visa proteger a vida do feto, enquanto críticos argumentam que ela representa uma violação dos direitos das mulheres.

    Grupos de defesa dos direitos das mulheres têm se manifestado contra o projeto, alegando que ele pode criminalizar mulheres em situações já delicadas e levar a um aumento de procedimentos inseguros e clandestinos.