Enquanto Tebet trabalha por apoio interno, senadores do MDB agendam jantar com Lula

De acordo com relatos feitos à CNN, a expectativa é que o jantar reúna também nomes de outros partidos, do PSD e até do PP, este da base governista

Thais Arbex

Ouvir notícia

No momento em que a senadora Simone Tebet (MDB) trabalha para se consolidar como a candidata à Presidência da República da chamada terceira via, senadores e ex-senadores do MDB organizam um jantar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília. O encontro está previsto para acontecer na próxima segunda-feira (11), na casa do ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE).

De acordo com relatos feitos à CNN, a expectativa é que o jantar reúna também nomes de outros partidos –do PSD e até do PP, este da base governista. Os integrantes do MDB que devem participar do encontro fazem parte do grupo da sigla que tem defendido que a candidatura de Tebet ao Palácio do Planalto só seja oficializada se, até a data limite estabelecida pela Justiça Eleitoral, a senadora consiga mostrar real viabilidade.

Um dos senadores convidados para o jantar disse à CNN, em caráter reservado, que a ideia, para além do aspecto simbólico, é levar a Lula análises críticas em relação aos últimos movimentos do petista. A avaliação desse parlamentar é a de que as declarações do ex-presidente nesta semana foram desastrosas e que, para evitá-las, Lula precisa expandir suas conversas para além do núcleo duro do PT. Entre elas, Lula defendeu o direito de mulheres fazerem o aborto, incentivou protestos contra congressistas e disse que, se eleito presidente, retiraria militares de cargos comissionados no Governo.

A agenda do ex-presidente Lula em Brasília também deve contar com uma visita ao Acampamento Terra Livre, organizado pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib).

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

Mais Recentes da CNN