Flávio Bolsonaro registra boletim de ocorrência contra deputado do PSOL

Ivan Valente pediu investigação do Ministério Público sobre compra de mansão pelo senador

Larissa Rodrigues

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) registrou um boletim de ocorrência contra o deputado Ivan Valente (PSOL-SP) nessa terça-feira (6) por denunciação caluniosa. Valente pediu ao Ministério Público (MP) que investigue a compra de uma mansão no valor de quase R$ 6 milhões pelo senador em Brasília.

“É algo completamente legal, transparente e, mesmo sabendo que ocorreu tudo dentro da lei, ele, com seu ardil de querer obter uma promoção política, dizer que é oposição ao governo, por perseguição política e divergência ideológica, ele está usando o aparato estatal para me perseguir”, disse Flávio. 

Valente também se manifestou à CNN. “Flávio Bolsonaro deveria abrir um boletim de ocorrência contra a Promotoria do Distrito Federal. Nós apresentamos ao MP uma representação questionando as facilidades estranhas que ele teve em relação ao empréstimo destinado à compra de mansão de R$ 6 milhões. O Senador teve direito a 3,1 milhões de reais”.

“Ocorre que pela planilha de simulação oferecida pela instituição financeira, para ter acesso a esse montante seria necessário uma renda de mais de R$ 46 mil. Flávio e sua esposa declararam renda de R$ 36.957,68, conforme consta na escritura. Portanto, podemos estar diante do crime de tráfico de influência”, explica o deputado do PSOL.

“O MP entendeu o caso como suspeito e decidiu investigar. Dito isso, o boletim de ocorrência que o Senador move contra mim não passa de uma tática diversionista sem nenhum respaldo razoável”, encerra Valente.

 

(Publicado por Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN