Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo brasileiro vê reviravolta em eleições francesas como “positiva”, dizem fontes

    À CNN, auxiliares do governo apontam ainda que postura protecionista da economia francesa deve ser mantida

    Avanço da ultradireita no primeiro turno das eleições francesa preocupou o governo brasileiro
    Avanço da ultradireita no primeiro turno das eleições francesa preocupou o governo brasileiro 26/12/2023REUTERS/Ueslei Marcelino

    Gabriela Pradoda CNN Brasília

    Integrantes do governo brasileiro e da diplomacia acompanham o segundo turno das eleições parlamentares da França com atenção e classificam como “muito positiva” a virada nos primeiros dados da boca de urna no país.

    Os indicativos apontam por uma reviravolta com maior número de assentos para a coalizão de esquerda Nova Frente Popular da França.

    Fontes do Palácio do Planalto e do Itamaraty ouvidas pela CNN relataram que os números da boca de urna surpreenderam, já que as pesquisas indicavam vitória da coalização da ultradireita.

    Diante dos indicativos das eleições francesas e da vitória do partido trabalhista do Reino Unido, assessores do presidente Lula avaliam que a Europa se revitaliza.

    Do ponto de vista político, diplomatas entendem que a coalização de esquerda com o governo de Emmanuel Macron abre um “horizonte positivo” para as relações entre França e Brasil.

    O avanço da ultradireita no primeiro turno das eleições francesa preocupou o governo brasileiro sobre eventuais mudanças na relação entre Brasil e França.

    Auxiliares do governo apontam que postura protecionista da economia francesa deve ser mantida. No entanto, havia o temor de mudanças no âmbito de parcerias para preservação do meio-ambiente com uma possível vitória da ultradireita no país.