Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Houve equívoco de Calheiros ao divulgar trechos de relatório da CPI, diz senador

    Costa ainda afirmou que titulares da CPI da Pandemia foram surpreendidos, porque a reunião sobre o relatório aconteceria na tarde desta segunda-feira (18)

    Da CNN

    Em São Paulo

    O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou, em entrevista à CNN nesta segunda-feira (18), que o relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB-AL), cometeu um “equívoco” ao divulgar trechos do relatório da comissão, e que a situação surpreendeu parlamentares.

    “Não podemos deixar de dizer que houve equívoco do nosso querido relator Renan Calheiros, porque nós havíamos feito um acerto de que, antes de o relatório ser apresentado ou concluído, como proposta dele mesmo, nós teríamos uma conversa em que faríamos uma avaliação e apresentaríamos sugestões de adaptações”, afirmou o senador.

    Costa ainda afirmou que a reunião sobre o relatório aconteceria na tarde desta segunda-feira (18). Por este motivo, titulares da CPI da Pandemia foram surpreendidos com os trechos antecipados por Calheiros à imprensa.

    “Todos nós fomos surpreendidos, porque a reunião sobre o relatório aconteceria hoje à tarde e, ao longo do fim de semana, praticamente o relatório vazou e nenhum de nós tinha conhecimento. Muita gente, inclusive, nos cobrou o relatório que não tínhamos. Mas acredito que as divergências que existem são perfeitamente ajustáveis”, afirmou Humberto Costa.

    Desavenças

    A divulgação antecipada de trechos do relatório da CPI da Pandemia por Calheiros desagradou também a cúpula da comissão, que não chegou a participar da redação do texto e teria ficado sabendo dele através da imprensa.

    Em uma conversa com a âncora da CNN Daniela Lima, o senador Omar Aziz (PSD-AM) afirmou que há um incômodo, sim, com a forma como a divulgação de trechos do relatório foi conduzida.

    O presidente da comissão ainda afirmou que não irá se reunir com Renan Calheiros até que a leitura do relatório dele seja feita, o que está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (20).

    Desde a finalização do texto, Calheiros antecipou uma série de trechos em entrevistas, o que teria deixado os integrantes da CPI da Pandemia bastante irritados. Aliados do relator também se mostraram insatisfeitos com o vazamento e afirmaram que não teria sido a primeira vez em que o senador deixou de cumprir algo combinado com eles.

    (Publicado por Daniel Fernandes)