Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Jovem que ameaçou contratar sniper para matar Lula é alvo de operação da PF

    Polícia Federal apreendeu celular e computador de jovem de 19 anos em Aracruz, no Espírito Santo

    Elijonas Maiada CNN

    Brasília

    A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta terça-feira (6) mandado de busca e apreensão na casa de um jovem de 19 anos que publicou em uma rede social que faria uma “vaquinha” para arrecadar dinheiro e contratar um sniper para atirar e matar o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    A ação foi em Aracruz, no Espírito Santo. A PF apreendeu com o investigado o celular e computador. Segundo a PF, armas não foram encontradas na casa dele.

    Todo o material será analisado para os investigadores saberem se foi uma ameaça vazia ou se, de fato, havia um plano contra Lula e com outras pessoas envolvidas.

    À CNN, o delegado responsável pelo caso informou que o alvo da operação colaborou em depoimento. “Ele confessou, mas disse que não colocou em prática. Que era ‘bravata’ nas redes. Se mostrou arrependido e apagou a conta no X (antigo Twitter)”, explicou Lorenzo Esposito.

    A investigação é conduzida pela Delegacia de Crimes Fazendários (Delefaz), após alerta do Ministério da Justiça.

    A análise da ameaça foi feita e o endereço do suspeito descoberto pelos investigadores, que colocaram a operação “Eco” nas ruas, em alusão à mitologia grega sobre uma jovem que “falava demais”.