Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Líder do governo espera promulgação da PEC dos Benefícios até sexta-feira

    data é considerada chave para que os valores de medidas como o auxílio para caminhoneiros comecem a ser pagos na segunda quinzena de julho

    Leandro Resende

    Ouvir notícia

    O líder do governo do presidente Jair Bolsonaro no Senado, senador Carlos Portinho (PL-RJ) afirmou à CNN que espera que a chamada “PEC dos Benefícios” seja promulgada até esta sexta-feira (08). A data é considerada chave para que os valores de medidas como o auxílio para caminhoneiros comecem a ser pagos na segunda quinzena de julho.

    A PEC dos Benefícios prevê o reconhecimento do estado de emergência em 2022 e um pacote de R$ 41,25 bilhões em auxílios fora do teto de gastos a três meses das eleições.

    O texto cria um auxílio de R$ 1 mil a caminhoneiros e um auxílio ainda sem valor definido a taxistas, além de ampliar o Auxílio Brasil para, ao menos, R$ 600 mensais e o vale-gás para cerca de R$ 120 a cada dois meses, entre outros pontos. Essas medidas seriam válidas até 31 de dezembro deste ano.

    Segundo Portinho, o fato de a nova presidente da Caixa Econômica, Daniella Marques, ser egressa da equipe do ministro Paulo Guedes pode ser um facilitador para que os benefícios comecem logo a ser pagos.

    Nesta quarta (6), o Tribunal de Contas da União determinou abertura de investigação sobre a PEC para examinar se a proposta configura abuso de poder econômico/político às vésperas das eleições deste ano.

    Mais Recentes da CNN