Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula descarta deixar hotel após atos de vandalismo em Brasília

    Presidente da República eleito descartou deixar o hotel onde está hospedadom, na região central de Brasília

    Manifestantes tentam invadir a sede da Polícia Federal em Brasília
    Manifestantes tentam invadir a sede da Polícia Federal em Brasília Reprodução/CNN

    Gustavo Uribe

    O presidente da República eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), descartou deixar o hotel onde está hospedado, na região central de Brasília. A assessoria do presidente confirmou a informação à CNN.

    Próximo ao hotel ocorreram atos de vandalismo na noite desta segunda-feira (12), situação que deixou carros e ônibus queimados.

    Manifestantes tentaram invadir o prédio da diretoria-geral da Polícia Federal na Asa Norte, próximo à Esplanada dos Ministérios.

    Os atos ocorreram após a ordem de prisão temporária do líder indígena cacique José Acácio Serere Xavante, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

    A detenção ocorreu pela suposta prática de condutas ilícitas em atos antidemocráticos pelo prazo de dez dias.

    Policiais fazem rondas no entorno do hotel onde Lula está hospedado. Segundo a polícia do Distrito Federal, os protestos foram controlados e não haverá aumento de contingente de segurança.

    Entretanto, as forças de seguranças continuarão nas ruas da capital federal ao longo da madrugada.

    (Com informação de Nohlan Hubertus)