Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula deve se reunir com cotados para PGR após retorno do G20

    Presidente tem conversado sobre o assunto com ministros do STF e sinaliza preferencia por subprocurador-geral Paulo Gonet

    Prédio da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília
    Prédio da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília João Américo/Secom/PGR

    Tainá FalcãoGustavo Uribeda CNN

    Em Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve se reunir após voltar de viagem ao G20, na próxima segunda-feira (11), com os cotados para a sucessão do procurador-geral da República, Augusto Aras. 

    O petista sinalizou a um grupo de aliados que quer tomar uma decisão nas próximas duas semanas. Lula já tratou do tema, em conversas reservadas, com ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e sinalizou preferência pelo vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet.

    Gonet tem o apoio de ministros como Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes. Ele se reuniu recentemente com o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha. O petista relatou a conversa ao presidente, que demonstrou satisfação.

    Lula já tem descartado reencaminhar Aras. Ele também não demonstrou animação, segundo auxiliares presidenciais, com os subprocuradores Mário Bonsaglia e Antônio Carlos Bigonha.

    Bigonha, aliás, conta com apoio na cúpula nacional do PT e se reuniu recentemente com o ministro Cristiano Zanin.

    A ideia é que Lula receba Gonet, Bonsaglia e Bigonha antes de anunciar a sua decisão. Os três já foram submetidos a uma espécie de entrevista promovida por Padilha.

    Lula, no entanto, tem sinalizado que deve deixar a escolha do sucessor da ministra Rosa Weber, da Suprema Corte, para outubro. O petista não quer definir um nome antes da aposentadoria compulsória da ministra, que completa 75 anos em 2 de outubro.

    O ministro da Justiça, Flávio Dino, um dos cotados para a vaga, já sinalizou a Lula, segundo relatos feitos à CNN, que neste momento não tem pretensão ao posto.

    Além dele, são cotados o advogado-geral da União, Jorge Messias, e o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas.

    Veja também: Lula está entre os nomes de Bigonha e Gonet para PGR, dizem fontes