Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Lula encontra eurodeputados em SP, e Bolsonaro fala com apoiadores em Brasília

    Na terceira semana de campanha, Ciro participou de evento na Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base; Tebet visitou centro dedicado a crianças e adolescentes

    Presidenciáveis Lula (PT), Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB)
    Presidenciáveis Lula (PT), Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) Divulgação

    Carolina Cerqueirada CNN

    Os candidatos à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) deram início à terceira semana de campanha eleitoral nesta segunda-feira (29) com agenda em São Paulo. O atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), conversou com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, e participou da Cerimônia de Apresentação de Cartas Credenciais dos Novos Embaixadores.

    O candidato do PT se encontrou com eurodeputados em um hotel na zona sul da capital paulista. Ele defendeu a proteção e a exploração sustentável da Amazônia e prometeu, se eleito, uma relação mais forte do Brasil com a União Europeia.

    “A Amazônia é de interesse de sobrevivência da humanidade e, portanto, todos têm responsabilidade para ajudar a cuidar dela. A gente não quer transformar a Amazônia num santuário da humanidade, a gente quer explorar da Amazônia aquilo que a biodiversidade pode oferecer”, afirmou.

    O petista disse que não abrirá mão da soberania da Amazônia, mas firmará parcerias com a União Europeia para a troca de experiências e de investimentos em tecnologia com o objetivo de extrair, sustentavelmente, riquezas da Amazônia.

     

    Bolsonaro tinha em sua agenda a participação, às 7h, de sabatina realizada pela rádio Jovem Pan, mas a conversa não aconteceu. O presidente compartilhou uma publicação de um jornalista no Twitter que afirmava que o cancelamento estava previsto no caso de comparecimento de Bolsonaro no debate promovido no domingo pelo UOL, Folha de S.Paulo, Band e TV Cultura. A sabatina deverá ocorrer em 5 de setembro, segundo a publicação.

    Ainda de manhã, ele retornou à Brasília e conversou com eleitores no cercadinho do Palácio da Alvorada. O grupo defendia a educação domiciliar e recebeu apoio do presidente. O candidato do PL também participou da Cerimônia de Apresentação de Cartas Credenciais dos Novos Embaixadores, mas não discursou no evento.

    Ciro encontrou, pela manhã, membros da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), em São Paulo. Ele defendeu a redução da cobrança de impostos de “quem trabalha e produz” e o aumento da cobrança para os super-ricos. O pedetista também voltou a criticar o teto de gastos.

    Ao falar sobre o debate entre candidatos à Presidência no domingo, Ciro destacou o confronto entre Bolsonaro e Lula. “É uma bola de chumbo amarrando o Brasil ao passado”, afirmou.

    “O que nós vimos ontem foi um presidente e um ex-presidente se agredindo na frente de milhões de brasileiros para que as pessoas escolham quem é o menos corrupto e menos mentiroso dos dois. Isso é muito grave e muito constrangedor”, acrescentou.

    Tebet visitou um centro dedicado a crianças e adolescentes em São Paulo. Na ocasião, comentou sobre o debate dizendo que Bolsonaro e Lula alimentaram o ódio um contra o outro. Ela afirmou que os dois têm “denúncias graves de corrupção”.

    A candidata ainda disse que está sendo vítima de ameaças, sem citar detalhes.

    “Não tenho medo de cara feia, não tenho medo de fake news, não tenho medo de ameaça, já estou recebendo críticas e ameaças em fake news nas minhas redes sociais. Robô a gente apaga porque a gente não conversa com robô, numa democracia a gente conversa com pessoas e isso não vai me parar”, acrescentou.

    Ao ser questionada sobre o reflexo que o seu desempenho durante o debate deve gerar nas pesquisas eleitorais, ela disse que o resultado não deve ser imediato, mas que a expectativa é chegar à terceira posição nas próximas semanas e garantir lugar no segundo turno. “Chegando ao terceiro lugar, a meta é dobrar a porcentagem em uma semana”, colocou.

    A emedebista, ainda em São Paulo, participou de encontro, às 16h30, sobre a agenda 227, que trata de prioridade absoluta para crianças e adolescentes.

    Às 20h, Tebet inaugura a série de entrevistas com os presidenciáveis realizada pela CNN. O programa será transmitido na TV, no site da CNN e nos perfis da emissora nas plataformas digitais, incluindo YouTube.

    À CNN, a assessoria da campanha de Lula disse que não comentaria as declarações de Tebet. A CNN também procurou a assessoria de Jair Bolsonaro sobre as falas da emedebista e aguarda resposta.