Lula vai à Bahia para nacionalizar campanha e apresentar pré-candidato do PT

Líder nas pesquisas é ACM Neto, do União Brasil; PT espera que vinculação a Lula torne Jerônimo Rodrigues um pré-candidato competitivo

Renata Agostini

Ouvir notícia

Com a desistência do senador Jaques Wagner em disputar novamente o governo da Bahia, o PT encontrou um vácuo no estado que comanda desde 2007. Para isso, o partido nacionalizará a campanha, segundo informações da analista da CNN Renata Agostini.

O nome escolhido pelo PT como pré-candidato foi do secretário da Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues, que ainda é desconhecido da população. O líder nas pesquisas, no momento, é o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil), que chegou a 66% das intenções de voto na pesquisa Quaest/Genial divulgada na última quarta-feira (23).

No PT, a estratégia será nacionalizar a campanha, aproveitando a boa avaliação de Lula e do partido na Bahia. A operação começa em 31 de março, em um evento em Salvador, onde Lula estará com Jaques Wagner para apresentar Jerônimo Rodrigues como pré-candidato ao governo.

Dentro do União Brasil, a avaliação é de que o percentual de ACM Neto pode baixar um pouco nas próximas semanas, mas o partido trabalha que o ex-prefeito de Salvador seja eleito no primeiro turno.

Veja na íntegra no vídeo acima.

Eleições 2022

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

*Publicado por Marcelo Tuvuca

Mais Recentes da CNN