Manifestantes se reúnem no Vale do Anhangabaú contra o governo

Algumas ruas ao redor do local tiveram que ser bloqueadas para os carros, devido ao movimento na região

Manifestantes contrários ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reúnem no Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo
Manifestantes contrários ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reúnem no Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo CNN

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O feriado de 7 de setembro é marcado por diversos atos pacíficos favoráveis e contrários ao governo federal. Em São Paulo, além do ato que aconteceu na Avenida Paulista com apoiadores de Bolsonaro, manifestantes se reúnem no Vale do Anhangabaú contra o governo.

O ato estava marcado para começar às 14h, mas manifestantes já se concentravam no local entre as 10h e 11h da manhã. Algumas ruas ao redor tiveram que ser bloqueadas para os carros, devido ao movimento dos manifestantes na região do Vale Anhangabaú, que possui uma área de 43.000m².

São os locais bloqueados: Avenida São João com a Rua Conselheiro Crispiniano, Rua Coronel Xavier de Toledo com o Viaduto do Chá, Rua Líbero Badaró com a Avenida São João, a “ferradura” da Avenida Prestes Maia, e a Rua Capitão Salomão com a Rua do Seminário e a Praça Pedro Lessa.

O transporte público funciona normalmente próximo à manifestação e, segundo a CET, a cidade de São Paulo não possui pontos de congestionamento.

Segurança reforçada

O efetivo de segurança paulista é de aproximadamente 3.600 policiais e conta com o apoio de mais de 1.400 viaturas, 60 cavalos, 4 drones e 2 helicópteros da Polícia Militar (PM), segundo a Secretaria de Segurança Pública de SP.

Também participam da operação de segurança equipes dos Comandos de Policiamento da Capital (CPC), de Trânsito (CPTran), de Choque (CPChq) e do Corpo de Bombeiros (CCB).

Os atos serão ainda monitorados por meio de câmeras fixas, móveis, câmeras instaladas em motocicletas e as chamadas bodycams, instaladas nas fardas dos policiais. As imagens serão acompanhadas em tempo real direto do Centro de Operações da PM.

A Polícia Militar faz revista em manifestantes, olhando bolsas, mochilas e carros de som. Uma ocorrência foi registrada com um grupo de 30 manifestantes, após serem encontrados em uma mochila apetrechos para a confecção de coquetel molotov. Um homem foi detido e conduzido ao 8ª DP.

FOTOS: 7 DE SETEMBRO PELO BRASIL

(publicado por Fernanda Colavitti)

Mais Recentes da CNN