Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mudanças em residências oficiais de Brasília devem ocorrer na próxima semana

    Atualmente, Lula está hospedado num hotel na região central de Brasília

    Palácio da Alvorada recebeu alguns caminhões de mudança nas últimas semanas
    Palácio da Alvorada recebeu alguns caminhões de mudança nas últimas semanas Foto: Ichiro Guerra/PR/Divulgação

    Brenda Silvada CNN

    em Brasília

    Na última semana do ano, os espaços físicos destinados à moradia de integrantes do governo federal em Brasília começam a receber mudanças. Na segunda-feira (26), como antecipou Gustavo Uribe, o vice-presidente e senador eleito Hamilton Mourão (Republicanos-RS) deve deixar o Palácio do Jaburu, onde mora, para ceder ao vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSD). Segundo apuração da CNN, Mourão deve residir em uma casa no Jardim Botânico, bairro de Brasília.

    Outro local que deve ter movimentação nos próximos dias é a residência oficial da Granja do Torto, que remete a uma casa de campo e costuma ser cedida ao presidente eleito até a cerimônia de posse. Quem estava na residência durante o Governo Bolsonaro era o ministro da Economia, Paulo Guedes.

    Na terça-feira (20), o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), visitou o local. Segundo o futuro ministro da Casa Civil, Rui Costa, o presidente precisa de um espaço mais adequado para trabalhar até se instalar no Palácio do Alvorada, onde o presidente Jair Bolsonaro (PL) continua morando.

    O Alvorada recebeu alguns caminhões de mudança nas últimas semanas. O tradicional cercadinho para apoiadores, onde Bolsonaro fazia pronunciamentos, já foi desmontado.

    O presidente e a família dele podem permanecer até o dia 1° de janeiro de 2023 no local, quando o Palácio terá que passar por uma vistoria para que Lula possa utilizá-lo.

    A previsão é que Bolsonaro passe a morar em uma casa, em Brasília, paga pelo seu partido, o PL. A intenção é que o presidente siga na Capital Federal para trabalhar na oposição ao próximo Governo Lula.

    Atualmente, Lula está hospedado num hotel na região central de Brasília. O local também tem sido usado para reuniões. Segundo apuração da CNN, o presidente eleito foi recomendado por integrantes do gabinete de transição a adotar uma espécie de quarentena antes da mudança para o Palácio da Alvorada.

    Segundo aliados do petista, o conselho seria tanto uma medida de cautela, para garantir a segurança de Lula, como de adequação para a nova família presidencial. Há possibilidade dessa “quarentena” durar até fevereiro de 2023.