Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF analisa com cautela eventual apreensão de passaporte de Bolsonaro, dizem fontes

    Segundo relatos feitos à CNN, o assunto tem sido avaliado pela cúpula policial; apreensão não é descartada, mas não foram identificados indícios de uma eventual fuga

    Gustavo UribeElijonas Maiada CNN

    em Brasília

    A Polícia Federal (PF) tem avaliado com cautela a possibilidade de uma apreensão do passaporte do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

    Segundo relatos feitos à CNN, a corporação policial não descarta essa possibilidade, desde que tenha indícios sobre um eventual plano de fuga.

    Veja: Governistas pedem que STF e PF determinem apreensão do passaporte de Bolsonaro

    Até agora, no entanto, de acordo com fontes da PF, não foram identificados elementos consistentes sobre um risco de fuga do país.

    O entorno de Bolsonaro, inclusive, nega essa hipótese categoricamente.

    A avaliação de um grupo de aliados é de que uma eventual saída do país poderia enfraquecer a narrativa de que o ex-presidente tem sofrido uma perseguição política.

    Em maio, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), chegou a autorizar que a Polícia Federal apreendesse o passaporte de Bolsonaro.

    Veja também: Mauro Cid confessará e admitirá ordem de Bolsonaro, diz advogado à CNN

    A autorização foi dada no âmbito do inquérito sobre registros falsos de vacinação. A Polícia Federal, no entanto, não viu necessidade, na época, de uma apreensão.

    Apesar da cautela na Polícia Federal, que avalia a necessidade e os riscos de uma apreensão do passaporte, agentes policiais reconhecem que uma fuga de Bolsonaro poderia causar desgaste à imagem da corporação.