Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF faz buscas em endereços de deputados federais do Maranhão

    Maranhãozinho, Bosco Costa e Pastor Gil são alvos de operação autorizada pelo ministro Ricardo Lewandowski

    Imagem ilustrativa com viatura da Polícia Federal
    Imagem ilustrativa com viatura da Polícia Federal Sergio Moraes/Reuters

    Vianey BentesGiovanna Inoueda CNN

    Brasília

    Ouvir notícia

    A Polícia Federal (PF) do Maranhão, com apoio do Serviço de Inquérito Especiais da PF de Brasília, realiza buscas na manhã desta sexta-feira (11) em endereços dos deputados federais Maranhãozinho, Bosco Costa e Pastor Gil, todos do Partido Liberal (PL-MA).

    As buscas são em residências e escritórios dos envolvidos e foram autorizadas pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Lewandowski negou buscas nos gabinetes na Câmara Federal.

    A operação investiga um esquema de desvio de emendas parlamentares para municípios maranhenses.

    O deputado Maranhãozinho foi alvo de uma operação em 2020, que investigava o desvio de emendas parlamentares, cujo prejuízo estimado pelos investigadores aos cofres públicos chegou aos R$ 15 milhões.

    A CNN entrou em contato com os envolvidos na operação. Veja notas abaixo.

    Nota da assessoria do deputado Pastor Gil

    O meu papel como cidadão e homem público sempre foi exercido com probidade, elevado interesse público e pautado pelos princípios cristãos. Jamais participei de nada que ferisse a legislação, os interesses do meu querido povo ou os meus princípios. Infelizmente, agora, isso foi colocado em cheque!

    Mas confio no trabalho da Justiça e confio ainda mais em Deus. E, por isso, tenho certeza que a improcedência dos fatos últimos desta sexta-feira serão absolutamente comprovada.

    Nota do deputado Bosco Costa

    Não emitiremos notas oficiais até termos acesso ao conteúdo das investigações, mas antecipamos que o Deputado é inocente.

    Nota do deputado Maranhãozinho

    Na manhã de hoje ocorreu uma nova busca de documentos em minha residência. Seguimos contribuindo e colaborando com todas as averiguações sem medo e sem restrição. Vejo como uma demonstração de que nada foi encontrado das outras vezes e tampouco será.

    Por essa razão não consigo entender a espetacularização do ocorrido, que parece ter sido orquestrado para gerarem grande e rápida repercussão na imprensa regional e nacional.

    Por isso me pergunto se o objetivo é apenas prejudicar minha imagem na tentativa de me tirar da disputa eleitoral.

    Nota do PL
    O PL informa que não vai se manifestar sobre o assunto.

     

    Mais Recentes da CNN