Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Plano de governo de Bolsonaro deve prever retomada de fundos, dizem membros da equipe

    O "Fundo de Reconstrução Nacional", como vem sendo chamado por aliados do presidente, teria por objetivo recompor a capacidade de investimentos públicos

    Presidente Jair Bolsonaro (PL) durante evento realizado no Palácio do Planalto
    Presidente Jair Bolsonaro (PL) durante evento realizado no Palácio do Planalto Wilton Junior/Estadão Conteúdo

    Caio Junqueira

    O plano de governo em elaboração pelo comando da campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) prevê inserir a criação de um fundo para alavancar recursos para investimentos públicos e a retomada do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza, dizem integrantes da equipe econômica.

    A informação foi antecipada pela analista da CNN Thais Arbex.

    O “Fundo de Reconstrução Nacional”, como vem sendo chamado por aliados do presidente, teria por objetivo recompor a capacidade de investimentos públicos.

    Segundo o Observatório de Política Fiscal do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV), em 2021 o investimento do governo totalizou 2,05% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo menor índice da série histórica iniciada em 1947.

    Já em relação ao Fundo de Combate à Pobreza, a ideia é garantir recursos para investimentos sociais.

    O fundo foi criado após uma emenda constitucional do então senador Antonio Carlos Magalhães em 2000 e regulamentado em 2011. Ele é abastecido por estados e municípios a partir de uma espécie de alíquotas adicionais do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Integrantes da coordenação da campanha avaliam reformulá-lo.

    Não há ainda clareza quanto a forma como esses fundos seriam abastecidos. Uma possibilidade é de que seja com recursos de venda de estatais, até mesmo como uma forma de convencer o Congresso a abraçar uma agenda de privatizações.

    Na principal campanha adversária, a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a retomada de investimentos públicos e a prioridade a uma agenda social têm sido debatidas como emergenciais.

    Debate

    CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.