Candidaturas negras enfrentam barreiras para reduzir desigualdade nas eleições

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama dos obstáculos que dificultam os esforços para promover maior representatividade eleitoral

Da CNN Brasil*

Em São Paulo

Ouvir notícia

Novas regras definidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabelecem que, a partir das eleições deste ano, é obrigatória a distribuição proporcional dos recursos eleitorais, incluindo verba e tempo de propaganda, entre candidatos brancos e negros. Mas os avanços na busca por maior representatividade no processo eleitoral ainda esbarram em uma série de dificuldades.

Apesar de pretos ou pardos representarem cerca de 56% da população brasileira, apenas 44% dos vereadores, 32% dos prefeitos, 26% dos governadores e 23% dos deputados e senadores no país são negros.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama dos obstáculos que dificultam as chances de sucesso de candidaturas negras nas eleições no Brasil. Para descrever as barreiras que impedem uma redução maior da desigualdade racial no processo eleitoral, participam deste episódio o Frei David Raimundo dos Santos, fundador da ONG Educafro, e o Especialista em Diversidade da CNN Brasil, Maurício Pestana.

Debate

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por todas as plataformas digitais.

Conheça outros podcasts da CNN Brasil:

Horário de Brasília

5 Fatos

À Prioli

Semana de 22 – Bem mais que o modernoso

Entre Vozes

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

(* Publicado por Diego Toledo)

Mais Recentes da CNN