PT debate proposta semelhante à de Ciro para aliviar devedores

Ideia parte de um princípio entre economistas do partido de que é necessário promover uma política de expansão do crédito

Caio Junqueira

Ouvir notícia

O PT debate internamente uma proposta específica para aliviar ou quitar dívidas de devedores que têm seus nomes inscritos no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Proposta é semelhante a já apresentada 2018 pelo candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes.

Não há ainda um formato fechado sobre como isso ocorreria, mas a ideia parte de um princípio entre economistas do partido de que é necessário promover, caso Lula vença as eleições, uma política de expansão do crédito.

Uma ideia em curso, por exemplo, é fazer com que bancos públicos, como a Caixa Econômica Federal e o BNDES promovam empréstimos generosos aos devedores sem a cobrança de juros. Outros caminhos inclusive já foram apresentados em alguns projetos de lei na atual legislatura, como o projeto de lei 3721 de 2019, do atual líder do partido na Câmara Reginaldo Lopes. O texto prevê o corte dos juros das dívidas e, também, seu parcelamento.

“São cerca de 70 milhões de brasileiros que não podem participar do mercado de crédito por terem dívidas médias de R$ 3.680, sendo mais da metade ao redor de R$ 1000. Mas não conseguem sair da dívida porque a renda mensal é semelhante ao tamanho da dívida. Proponho que o BNDES e Caixa Econômica Federal comprem essas dívidas, que elas sejam federalizadas e cobradas deles sem juros”, disse Lopes à CNN. O Economista assumiu a liderança da bancada do PT na Câmara neste ano e deve ser candidato a senador por Minas Gerais.

Um dos principais economistas que vem ajudando na formulação do programa econômico petista, Guilherme Mello, que integra a Fundação Perseu Abramo e é professor da Unicamp, confirmou que a ideia vem sendo debatida. Mas ainda em um formato definitivo.

“Há uma análise sobre a situação da dívida das famílias e pequenas e microempresas, pensando nas opções possíveis. Mas ainda está no campo da análise dos dados, obtenção de informações, debates. Estamos mais na fase de pegar dados e informações”, disse à CNN.

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto pela TV e por nossas plataformas digitais.

Mais Recentes da CNN