Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Ser botafoguense é uma emoção única”, diz Flávio Dino após novo empate do Botafogo

    Glorioso empatou com o Coritiba e ficou a três pontos do líder Palmeiras no Campeonato Brasileiro

    Ministro Flávio Dino e o vice-presidente do Botafogo, Vinícius Assumpção; indicado ao STF diz que "tudo pode acontecer" no Brasileirão
    Ministro Flávio Dino e o vice-presidente do Botafogo, Vinícius Assumpção; indicado ao STF diz que "tudo pode acontecer" no Brasileirão Reprodução/Twitter

    Douglas Portoda CNN

    São Paulo

    O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, disse, nesta quinta-feira (30), que torcer para o Botafogo “é uma emoção única”.

    “Depois dos últimos inacreditáveis jogos, resta sorrir e seguir. Penso nas dissertações e teses acadêmicas que o nosso Glorioso, em sua campanha de 2023, propiciará. E ainda temos duas partidas em que, realmente, tudo pode acontecer”, disse Dino.

    A fala do indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) aconteceu após a partida entre o Botafogo e o Coritiba, que terminou empatada em 1 a 1, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    O Botafogo abriu o placar aos 52 minutos do segundo tempo com Tiquinho Soares em cobrança de pênalti. Entretanto, dois minutos depois, Edu empatou para o Coxa Branca, que já está rebaixado para a Série B.

    Com o resultado, o time carioca fica a três pontos do líder Palmeiras.

    O alviverde pode ser campeão já na próxima rodada. Para isso, depende de uma combinação de resultados: precisa vencer o jogo contra o Fluminense e o Botafogo precisa perder ou empatar com o Cruzeiro.

    Em caso de empate palmeirense, a Estrela Solitária precisaria ser derrotada.