Solidariedade oficializa convite de filiação a Alckmin

Presidente da sigla se reuniu com o ex-governador paulista nesta segunda-feira (10)

Thais Arbexda CNN

Ouvir notícia

O presidente do Solidariedade, deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, se reuniu na manhã desta segunda-feira (10) com o ex-governador Geraldo Alckmin para reforçar o convite de filiação ao partido e a eventual indicação para vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Acabei de oficializar o convite para ele vir para o Solidariedade e ser o nosso candidato a vice-presidente da República”, disse Paulinho à CNN.

Alckmin deixou o PSDB no fim do ano passado e mantém conversas com uma série de legendas para definir seu destino.

Aliados do ex-governador dizem que ele pretende tomar sua decisão perto do prazo final, 2 de abril.

Segundo Paulinho, Alckmin disse que o Solidariedade é uma das possibilidades, mas que ele está avaliando todos os cenários.

O PSB também negocia a filiação do ex-governador paulista, mas entraves na composição de uma aliança nacional com o PT têm travado as conversas.

De acordo com a âncora da CNN Daniela Lima, durante a conversa, Paulinho da Força comentou que o Partido Progressista (PP), o Partido Liberal (PL), o Republicanos, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o Partido Social Cristão (PSC) devem apoiar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O presidente do Solidariedade disse também que “não enxerga espaço para a terceira via” e reforçou as chances da chapa entre Lula e Alckmin garantir a vitória no primeiro turno.

Mais Recentes da CNN