Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    União Brasil na Câmara teme devassa no partido em meio a crise com ministra do Turismo

    Lideranças alertam que divisão interna pode comprometer também nome de líder do partido para sucessão de Lira

    Daniela Carneiro, ministra do Turismo
    Daniela Carneiro, ministra do Turismo Ministério do Turismo

    Tainá Falcãoda CNN

    Em Brasília

    Imerso em um racha agravado pelo pedido de desfiliação da ministra do Turismo, Daniela Carneiro, o União Brasil da Câmara dos Deputados rechaça posicionamento da presidência do partido de se sobrepor a decisões estaduais.

    O prefeito de Belford Roxo, Waguinho Carneiro, deixou a legenda e se filiou ao Republicanos. Daniela Carneiro, mulher de Waguinho e deputada federal mais bem votada do Rio de Janeiro, também pretende seguir o mesmo caminho. A debandada tem origem na disputa com a cúpula do partido por cargos estaduais.

    À CNN, sob reserva, deputados relatam que outros estados reclamam do mesmo problema, a exemplo de Pernambuco, São Paulo e Santa Catarina.

    Há na bancada federal um movimento para tentar demover Daniela Carneiro e outros cinco deputados da intenção de mudar de legenda. O grupo consulta o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar deixar o União Brasil sem risco de perda do mandato.

    Parlamentares alinhados ao líder Elmar Nascimento (União-BA) cobram posicionamento da bancada federal sobre o assunto com temor de que as divergências acabem fragilizando seu nome para uma disputa pela Câmara dos Deputados, em 2025.