Se você pegar Covid-19, sua imunidade pode sumir em poucos meses, dizem estudos

Ao contrair, quando criança, um vírus como do sarampo ou da caxumba, a pessoa fica protegida de uma reinfecção por toda a vida; mas com a gripe, é diferente

Da CNN
14 de julho de 2020 às 10:21
Pesquisadora analisa amostra de sangue de doador em Erlangen, na Alemanha
Foto: Andreas Gebert - 07.abr.2020 / Reuters

As pessoas que foram infectadas com o novo coronavírus podem ver a própria imunidade se reduzir ao longo dos meses, segundo estudos recentes. A situação é exatamente “a que temíamos”, disse o médico William Haseltine à CNN nesta terça-feira (14).

Ex-professor da Escola de Medicina e de Saúde Pública de Harvard, Haseltine afirmou que “esses vírus, como os irmãos coronavírus, que nos causam gripes, são muito diferentes dos da infância”.

Ao contrair, quando criança, um vírus como do sarampo ou da caxumba, a pessoa fica protegida de uma reinfecção por toda a vida. Mas Haseltine disse que com os vírus da gripe é outra história, porque quando se pega, o corpo “esquece” que já foi infectado antes.

Assista e leia também:

Suposta imunidade de rebanho é 'inatingível', diz estudo espanhol

Médico responde: imunidade está garantida para quem já teve Covid-19?

Possíveis casos de reinfecção pelo coronavírus levantam debate sobre imunidade

“Eles voltam e te pegam todos os anos. Você pode se reinfectar pelo mesmo vírus de gripe todos os anos e pegar a mesma doença”, explicou ele. O especialista citou vários estudos na China, Espanha e no Reino Unido que “medem o vírus nas pessoas e os anticorpos, e viram que a imunidade diminui”. 

Se essas descobertas se confirmarem, podem ter um impacto significativo nos pacientes infectados, no desenvolvimento de uma vacina e na ideia de que a população pode atingir a chamada imunidade de rebanho.

(Com informações de Andrea Kane, da CNN, em Atlanta)