AstraZeneca tem acordo para 3 bi de doses de vacina com 25 governos e consórcios

Farmacêutica tem duas obrigações com a Fiocruz: fornecer matéria-prima para a produção de até 100 mi de doses da vacina contra Covid-19 e depois transferir a te

Leandro Resende
Por Leandro Resende, CNN  
27 de janeiro de 2021 às 09:17 | Atualizado 27 de janeiro de 2021 às 09:20
Índia produz vacina da AstraZeneca/Oxford
Vacina da AstraZeneca/Oxford contra o coronavírus
Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo 

Uma das principais farmacêuticas do mundo, a britânica  AstraZeneca tem 25 acordos celebrados com governos e alianças supranacionais para garantir três bilhões de doses da vacina contra Covid-19 produzida em parceria com a Universidade de Oxford. A filial brasileira da farmacêutica divulgou nota nesta quarta-feira (27) em que refutou a possibilidade de negociar doses do imunizante com a iniciativa privada.

Um grupo de empresas brasileiras negocia a compra de 33 milhões de doses do imunizante e conta com o apoio do governo federal. Ao todo, de acordo com informações levantadas pela CNN, a AstraZeneca prevê, em acordos variados, o fornecimento de 3 bilhões de doses de vacinas para com governos de 19 países e seis laboratórios ou coalizões de nações.

Na América Latina, além do Brasil, a AstraZeneca tem acordos com os governos do Equador, El Salvador, Panamá, Costa Rica, Honduras e Colômbia.

A farmacêutica tem duas obrigações com a Fundação Oswaldo Cruz: fornecer, até o fim do primeiro semestre, matéria-prima para a produção de até 100 milhões de doses da vacina contra Covid-19 no Brasil, e transferir tecnologia para que a Fiocruz possa produzir, da matéria-prima aos frascos do imunizante, em laboratório próprio.