Prefeitura do Rio adota 4ª estratégia de vacinação de idosos em menos de 1 mês

No novo formato, serão três dias para vacinar idosos com 79 anos. As datas reservadas são 1, 2 e 3 de março

Pedro Duran. da CNN no Rio de Janeiro
27 de fevereiro de 2021 às 15:37 | Atualizado 27 de fevereiro de 2021 às 17:11

 

O prefeito Eduardo Paes (DEM) anunciou em sua conta do Twitter na manhã deste sábado (27) o quarto modelo de vacinação na cidade do Rio de Janeiro. No novo formato, serão três dias para vacinar idosos com 79 anos. As datas reservadas são 1, 2 e 3 de março. Diferentemente da previsão anterior, pessoas que tem mais do que 79 anos também terão nesses dias nova oportunidade de imunização.

O primeiro calendário divulgado pelo próprio prefeito, no dia 28 de janeiro, limitava a imunização a quem tivesse 80 anos ou mais. Mas logo que a campanha começou, a prefeitura  mudou a regra e ampliou o público para quem tinha 75 anos ou mais, mesmo sabendo que não havia vacina para todos.

As doses esperadas pela gestão de Paes não chegaram e a prefeitura teve que interromper a campanha na metade, como previu a CNN.

Na manhã de quarta-feira (24), com a chegada de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, a prefeitura decidiu retomar a campanha com três dias de vacinação (82, 81 e 80 anos).

A distribuição de faixas etárias por dias também mudou. A ideia original previa que cada idade teria um dia do mês e uma repescagem com todos que não foram vacinados aos sábados. O segundo calendário colocava faixas novas junto com a repescagem, no sábado. Isso foi mantido no terceiro calendário. No quarto, as faixas terão mais que um dia por semana. No caso dos idosos com 79 anos ou mais, que inauguram a etapa, serão 3 dias.

Na última sexta-feira (26), o prefeito Eduardo Paes já tinha adiantado que a regra poderia mudar. “Vamos aguardar a divulgação, mas é óbvio que, à medida que você vai diminuindo a idade, você vai tendo mais gente. [...] Esse número vai aumentando à medida que a gente vai reduzindo a idade, então há uma possibilidade grande, mas pode ser dois, três dias pra uma determinada idade”, disse ele.

No segundo calendário divulgado, que compreendia a faixa de 79 anos, havia apenas um dia reservado para esse público.

BALANÇO ATÉ AGORA

Antes mesmo do fim da vacinação, o secretário municipal de saúde anunciou que a cidade já tinha vacinado boa parte do grupo prioritário. “Encerraremos fevereiro vacinando todas as pessoas com mais de 80 anos e todos os profissionais de saúde com mais de 60 anos”, disse Daniel Soranz, que calculou ainda o público imunizado equivaler a 4,5% da população.

Os dados da secretaria apontam 309 mil pessoas já vacinadas na capital fluminense, sendo 79 mil delas já com segunda dose. O município do Rio detém quase 62% dos vacinados do estado, que já somam quase 500 mil pessoas segundo a secretaria estadual.

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes
Foto: Adriano Ishibashi/Framephoto/Estadão Conteúdo (7.dez.2020)