'Colapso funerário é o passo seguinte', diz Nicolelis sobre pandemia no Brasil

'A pandemia em São Paulo e no Brasil está fora de controle', disse o médico e neurocientista à CNN

Produzido por Juliana Alves, da CNN, em São Paulo
23 de março de 2021 às 17:25

O médico e neurocientista Miguel Nicolelis afirmou nesta terça-feira (23), em entrevista à CNN, que a pandemia do novo coronavírus no Brasil está fora de controle e que, se medidas efetivas não forem tomadas para frear o avanço da doença, podemos viver um colapso funerário.

O estado de São Paulo registrou 1.021 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 68.623 mortes. O número de óbitos registrados nas últimas 24 horas é recorde desde o início da pandemia e representa, em média, uma morte a cada 85 segundos. 

"Isso claramente mostra que a pandemia em São Paulo e no Brasil está fora de controle, no contexto de um colapso hospitalar que começa a migrar rapidamente já em diferentes partes do Brasil mostrando claramente os primeiros indícios de um colapso funerário, que é o passo seguinte de uma pandemia fora de controle".

Defesa do lockdown

Nicolelis deu o exemplo de três países que adotaram o lockdown e vivem hoje uma queda no número de novos casos e óbitos pelo coronavírus. 

“O Reino Unido antes desse lockdown estava com 1.800 mortes diárias, era um dos epicentros da pandemia em dezembro de 2020. Ontem, o Reino Unido, depois do lockdown mais restrito, registrou 17 mortos”, disse.

Enterro de vítima da Covid-19 em cemitério de Manaus
Enterro de vítima da Covid-19 em cemitério de Manaus
Foto: Bruno Kelly/Reuters (17.jan.2021)

“O Vietnã, que fez um dos melhores manejos da pandemia, tem menos de 50 óbitos e por volta de 3 mil casos em um ano de pandemia, porque fez um dos melhores lockdown do mundo. A Nova Zelândia da mesma maneira”.

Além disso, explicou o médico, assim como o Reino Unido, o Brasil deveria estar vacinando 10 vezes mais do que está atualmente.