Brasil tem 1.036 novas mortes por Covid-19; casos chegam a 15,6 milhões

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) contabiliza 40.941 novas infecções da doença

Leonardo Lellis, da CNN, em São Paulo
16 de maio de 2021 às 20:25 | Atualizado 16 de maio de 2021 às 20:29
Pacientes com coronavírus são transferidos na zona Leste de São Paulo
Pacientes com coronavírus são transferidos na zona Leste de São Paulo
Foto: Bruno Rocha/Enquadrar/Estadão Conteúdo

 

O Brasil registrou 1.036 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 435.751 óbitos pela doença desde o início da pandemia. No mesmo período, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), foram 40.941 novas infecções, chegando ao total de 15.627.475 registros da doença.

A média móvel de mortos dos últimos sete dias ficou em 1.916, mantendo a tendência de queda desde 29 de abril, quando ficou em 2.526 óbitos. O pico, desde o início da pandemia, foi em 12 de abril, quando a média-móvel de sete dias ficou em 3.124 mortes.

 

Já a média móvel de casos dos últimos sete dias ficou em 63.241, mantendo a tendência de alta desde desde 5 de maio, quando o número era de 58.413.

A maior taxa de mortalidade da doença está no Amazonas, com 309,6 mortes por 100 mil habitantes — o estado contabiliza 12.831 mortes e 378.855 infecções. Já a menor mortalidade é verificada no Maranhão, com 108,8 óbitos a cada 100 mil habitantes — o estado tem 278.726 infecções e 7.700 óbitos.

Em números absolutos o estado de São Paulo tem o maior número de mortos (104.219), seguido por Rio de Janeiro (48.006), Minas Gerais (37.508), Rio Grande do Sul (26.685) e Paraná (24.670).