Rio monitora 10 pessoas que tiveram contato com paciente com variante da Índia

Homem tem 32 anos e está isolado em hotel na capital fluminense

Leandro Resende
Por Leandro Resende, CNN  
26 de maio de 2021 às 13:26 | Atualizado 26 de maio de 2021 às 15:17

O subsecretário de atenção básica, vigilância e promoção da Saúde de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, Charbell Kury, afirmou à CNN que ao menos 10 pessoas estão sendo monitoradas após terem contato com um homem que retornou da Índia e testou positivo para a Covid-19 com a variante B.1.617.2, originária daquele país.

O Instituto Adolfo Lutz, da Secretaria da Saúde de São Paulo, sequenciou o vírus encontrado em um homem de 32 anos que desembarcou da Índia no último sábado (22) e identificou a presença da nova cepa originária da Índia. Ele está em isolamento em um hotel no Rio.

O homem mora em Campos dos Goytacazes e, segundo o subsecretário da cidade do Norte Fluminense, veio acompanhado de dois outros homens. Ambos testaram negativo no sábado e foram reavaliados ontem, ainda com resultado negativo para Covid-19.

Os três trabalham em uma empresa petroleira na Índia e chegaram ao Brasil pelo Aeroporto de Guarulhos, com uma conexão para o Rio de Janeiro três horas depois. Segundo o subsecretário de Campos o trio procurou, por conta própria, testes PCR para saber se estavam com Covid-19. Sem o resultado, que demorou mais de três horas para sair, embarcaram para o Rio.

Da capital, seguiram para Campos, sendo o infectado orientado a procurar um hotel sanitário na cidade. No local, porém, não havia mais vagas disponíveis. O homem infectado, foi, então, para um outro hotel, onde teve contato com cerca de 10 pessoas. O local já foi visitado pela Secretaria de Saúde de Campos e os trabalhadores que tiveram contato com o hóspede serão testados ainda nesta semana.

Ao ser informado do teste positivo para Covid-19, o homem retornou para o Rio de Janeiro, onde cumpre isolamento e é monitorado pelas autoridades de saúde da capital, de Campos e do estado.

Movimentação no Saara, centro do Rio, em meio à pandemia de Covid-19; autoridades de saúde monitoram caso de cepa originária da Índia
Foto: João Gabriel Alves/Enquadrar/Estadão Conteúdo (9.abr.2021)

Em nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que o morador de Campos passou pelos controles no aeroporto de Guarulhos ao chegar no Brasil e estava com teste do tipo PCR negativo realizado nas últimas 72h e sem sintomas.

A Anvisa informou ainda que o passageiro, sem dar conhecimento à Agência, procurou por conta própria um novo exame, realizado em laboratório particular no aeroporto. "Ao ficar sabendo da positivação, no final da noite de 22/05 a Anvisa imediatamente solicitou a lista de passageiros dos vôos e acionou o sistema de vigilância epidemiológica (Cievs) , para busca ativa e monitoramento dos contactantes", informou a Anvisa.