Ao menos nove capitais brasileiras sinalizam falta de vacinas contra Covid-19

Rio de Janeiro, Natal, Manaus, Porto Velho, Curitiba, Salvador, Porto Alegre, Florianópolis e Goiânia estão com problemas na campanha de vacinação

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Pelo menos nove capitais brasileiras já sinalizaram a falta de estoque ou informaram que as doses de vacinas contra a Covid-19 vão acabar nos próximos dias. São elas: Rio de Janeiro, Natal, Manaus, Porto Velho, Curitiba, Salvador, Porto Alegre, Florianópolis e Goiânia.

As capitais aguardam pela reposição dos lotes pelo Ministério da Saúde.

No estado de São Paulo, embora a capital paulista não esteja sofrendo com a escassez de imunizantes, alguns municípios do estado já relataram que interromperam o processo de vacinação de alguma forma. É o caso de Guarulhos, Itapecerica da Serra, Paulínia, Itaquaquecetuba, Suzano e Ferraz de Vasconcelos.

A campanha de vacinação contra o coronavírus no Brasil conta com a aprovação dos imunizantes de Oxford, distribuído pela Fiocruz (RJ), e da Coronavac, distribuído pelo Instituto Butantan (SP).

Novas doses

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, prometeu aos governadores que serão distribuídas cerca de 230 milhões de doses de vacina até o final de julho. Até dezembro, o governo projeta distribuir cerca de 315 milhões de doses de vacina em 2021.

Esse número sobe para 455 milhões de doses quando o governo contabiliza lotes adicionais que ainda estão em tratativas com a o Instituto Butantan e com a Fiocruz.

O cronograma, obtido pela CNN por Renata Agostini e Iuri Pitta, foi apresentado em reunião nessa quarta-feira (17). (Ludmila Candal e a Mariana Catacci)

 (Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN