Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    As bebidas esportivas são boas ou ruins para você? Veja a explicação médica

    Entenda a diferença entre bebidas esportivas e bebidas energéticas e veja quando você precisa tomar as bebidas esportivas

    Corredores da maratona de Londres recebem um sachê de Lucozade Sport para os manter hidratados
    Corredores da maratona de Londres recebem um sachê de Lucozade Sport para os manter hidratados Notpla

    Katia Hetterda CNN

    O líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, pediu à Food and Drug Administration (FDA) dos EUA para investigar o alto teor de cafeína da bebida Prime Energy e os esforços de marketing da empresa voltados para crianças.

    Esta bebida, que é vendida em latas, contém 200 miligramas de cafeína por 355 ml, o que equivale ao teor de cafeína de quase dois Red Bulls ou um pacote de seis Coca-Cola inteiro. A Prime também vende outra bebida, a Hydration, que é vendida em garrafas, com aparência semelhante à Energy, mas sem cafeína.

    Isso levou Schumer a dizer que “como o produto é anunciado como uma bebida esportiva e hidratante em sua outra forma quase idêntica, é provável que as crianças ingiram latas dessa coisa sem que os pais percebam”.

    Em resposta aos comentários de Schumer, a Prime disse que sua bebida energética contém uma “quantidade comparável de cafeína a outras bebidas energéticas mais vendidas, todas dentro do limite legal dos países em que é vendida”.

    A situação traz à tona a questão mais ampla das bebidas esportivas, incluindo seus ingredientes – como a cafeína. Existe alguém que precise de bebidas esportivas e quem deve ficar longe? O que os pais devem procurar ao considerar bebidas esportivas para seus filhos? É melhor comprar bebidas prontas ou pó eletrolítico e misturar você mesmo? O que mais as pessoas, incluindo atletas de resistência, devem ter em mente?

    Conversei com a analista médica da CNN, Dra. Leana Wen, médica de emergência e professora de política e gerenciamento de saúde na Escola de Saúde Pública do Instituto Milken, da Universidade George Washington. Ela atuou anteriormente como comissária da saúde de Baltimore.

    Wen também é uma atleta de resistência que gosta de corridas em trilhas, natação em águas abertas e triatlos.

    CNN: O que são bebidas esportivas? Como elas são diferentes das bebidas energéticas e quais ingredientes cada uma contém?

    Dra. Leana Wen: É importante distinguir entre bebidas esportivas e bebidas energéticas.

    Bebidas esportivas são bebidas enriquecidas com eletrólitos. Seu principal objetivo é repor a água e os eletrólitos que são perdidos durante o exercício intenso e a transpiração. Elas irão conter eletrólitos como sódio, potássio, cálcio e magnésio. Muitas são à base de carboidratos, com adição de açúcares como frutose, glicose e sacarose. Às vezes, elas contêm cafeína.

    Existem também bebidas energéticas que muitas vezes, e infelizmente, são confundidas com bebidas esportivas. As bebidas energéticas normalmente contêm grandes quantidades de cafeína. Muitas contêm outros estimulantes legais como taurina, guaraná e L-carnitina.

    Essas bebidas energéticas podem reduzir a fadiga e melhorar o desempenho a curto prazo. No entanto, não são bebidas esportivas e não devem ser usadas quando o objetivo é repor eletrólitos e fluidos.

    Bebidas esportivas são enriquecidas com eletrólitos e repõem a água do corpo após exercícios intensos / Jose Luis Pelaez Inc/Getty Images

    As bebidas energéticas podem ser perigosas quando consumidas em grandes quantidades. De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, 1.499 adolescentes de 12 a 17 anos foram ao pronto-socorro para uma emergência relacionada a bebidas energéticas em 2011. Grandes quantidades de cafeína podem induzir batimentos cardíacos irregulares e rápidos.

    Os indivíduos podem ficar ansiosos e desenvolver problemas de sono. Aqueles que consomem bebidas energéticas em vez de bebidas esportivas ou água podem ficar desidratados. Além disso, embora muitos ingredientes dessas bebidas energéticas sejam comercializados como “naturais”, eles podem estar presentes em quantidades muito maiores do que as pessoas normalmente consomem.

    A Academia Americana de Pediatria recomenda que crianças e adolescentes não consumam bebidas energéticas. No entanto, 30% a 50% dos adolescentes relatam consumi-las. Isso pode ocorrer devido à confusão entre bebidas esportivas e bebidas energéticas, portanto, as pessoas devem ter cuidado ao escolher a bebida apropriada para sua finalidade.

    CNN: É bom ter cafeína em uma bebida esportiva e quanto é demais?

    Wen: A principal razão para usar uma bebida esportiva é repor os eletrólitos e fluidos. A cafeína não desempenha um papel na reposição de eletrólitos e, na verdade, é um diurético que leva à perda de mais líquidos. Portanto, em geral, eu aconselharia ficar longe de bebidas esportivas que contenham cafeína.

    Alguns atletas adultos podem escolher bebidas com cafeína como um impulso adicional ao seu desempenho. Nesse caso, eles devem estar cientes do risco e de exatamente quanto estão usando.

    A cafeína é um estimulante que pode aumentar a frequência cardíaca e também ter efeitos adversos no desempenho. Ela também tem potencial viciante. As pessoas podem se tornar tolerantes a ela, o que significa que o efeito diminui com o consumo regular, e os indivíduos podem precisar de mais para obter o mesmo efeito.

    Os impactos negativos da cafeína são ainda mais profundos quando se trata de jovens. A Academia Americana de Pediatria recomenda que crianças menores de 12 anos não consumam cafeína. Crianças de 12 a 18 anos não devem exceder 100 miligramas de cafeína todos os dias.

    Os pais devem ter em mente que existem outras bebidas que contêm cafeína, incluindo café e muitos refrigerantes, e que muitas bebidas esportivas contêm níveis muito altos de cafeína que excedem em muito a quantidade diária recomendada. Dado que as bebidas esportivas realmente se destinam a substituir eletrólitos e não a serem usadas como estimulantes, é melhor que as crianças evitem bebidas esportivas com adição de cafeína.

    Café
    Cafeína / Foto: Bryan Thomas/Getty Images

    CNN: Quem precisa de bebidas esportivas e quem deve ficar longe?

    Wen: A maioria das pessoas não precisa de bebidas esportivas. A água é suficiente para a hidratação, e os alimentos que as pessoas ingerem geralmente contêm os eletrólitos de que precisam.

    Atletas envolvidos em atividades leves a moderadas e crianças brincando no parquinho ou praticando esportes recreativos após a escola geralmente não precisam de bebidas adicionais de reposição de eletrólitos. A principal preocupação para esses indivíduos é a hidratação.

    Especialmente se estiver calor lá fora, eles precisam beber muita água antes, durante e depois do exercício. Eles também podem tentar comer alimentos cheios de nutrientes e eletrólitos. Alguns exemplos incluem melancia, leite, queijo, banana, água de coco e abacate. Se estiverem praticando atividades mais pesadas por mais tempo, também podem comer um lanche de nozes salgadas.

    Indivíduos que devem considerar bebidas esportivas são atletas que fazem exercícios vigorosos por pelo menos uma hora ou mais. Se eles precisam, depende do clima, tipo e intensidade do exercício e se eles são propensos a suar muito.

    CNN: O que as crianças em acampamentos esportivos que duram uma tarde inteira ou um dia inteiro precisam?

    Wen: Depende da intensidade do acampamento e de como está organizado. Se houver pausas regulares e muito foco em exercícios que nem sempre são na intensidade máxima, pode ser suficiente comer pequenos lanches durante as pausas, além de muita hidratação com água, em vez de bebidas esportivas.

    CNN: O que os pais devem procurar ao considerar bebidas esportivas para seus filhos?

    Wen: Eu alertaria a maioria das crianças e adolescentes contra o uso de bebidas esportivas. Elas não são necessárias para a maioria das crianças, a menos que estejam praticando esportes de resistência ou treinando intensivamente, caso em que eu recomendo que desenvolvam um plano de bebidas esportivas com seu treinador e pediatra.

    Se as crianças estiverem usando bebidas esportivas, fique longe de bebidas com alto teor de cafeína. Elas também podem usar bebidas que contenham apenas eletrólitos, sem adição de açúcar, a menos que o teor de carboidratos seja especificamente necessário.

    Melancia é um dos alimentos cheios de nutrientes e eletrólitos / Rens D/Unsplash

    CNN: É melhor comprar bebidas prontas para beber ou pó eletrolítico e misturar você mesmo?

    Wen: Geralmente é mais barato comprar eletrólito em pó ou pastilhas que se dissolvem na água, em vez de bebidas prontas para beber. Qual é o melhor depende da preferência pessoal. Certifique-se de ler o rótulo para verificar se há cafeína e estimulantes e a presença de açúcar adicionado, se isso for algo que você deseja evitar.

    CNN: Como atleta de resistência, você usa bebidas esportivas? O que mais os atletas devem ter em mente?

    Wen: Embora a hidratação seja crucial, isso não significa que você deva usar bebidas esportivas. E realmente distinguir entre bebidas esportivas que reabastecem eletrólitos e fluidos versus bebidas energéticas. Pessoalmente, fico longe de bebidas energéticas. Eu não quero ter que depender de cafeína.

    E dada a falta de pesquisas de longo prazo sobre outros estimulantes, desejo evitá-los. Eu não gostaria que meus filhos consumissem bebidas energéticas. Antes de praticar atividade física, certifico-me de que estou bem hidratada com água. Geralmente, se vou correr, nadar ou andar de bicicleta com menos de uma hora e meia de duração, apenas bebo água.

    Se for mais de uma hora e meia em clima muito quente, ou mais de duas horas em climas mais amenos, provavelmente traria uma bebida com eletrólito e reposição energética. Eu fazia questão de comer um lanche, como um pacote de nozes salgadas ou uma barra energética, logo após esse tipo de exercício pesado e, claro, reabastecer com muita água também.

    As pessoas devem adaptar regimes que funcionem para elas. Alguém que sue muito ou recentemente teve vômitos e diarreia precisará de mais eletrólitos e pode se beneficiar de bebidas esportivas em vez de apenas água. Cãibras e fadiga precoce também podem indicar que eles precisam de reposição de eletrólitos.

    Atletas de resistência que treinam ou competem rotineiramente em eventos com mais de duas horas de duração devem ter um plano completo de nutrição e hidratação em consulta com um treinador. Sempre verifique o rótulo do ingrediente e, em caso de dúvida, fale com seu médico.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original