Bahia vai exigir passaporte da vacina Covid em locais públicos, diz governador

Rui Costa não deu detalhes de como será implementada a política pública que serve como um comprovante de vacinação contra Covid-19

Rui Costa (PT), governador da Bahia
Rui Costa (PT), governador da Bahia Foto: CNN (09.set.2020)

Camila Neumamda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou nesta segunda-feira (13), que o estado exigirá o passaporte da vacina em locais públicos, mas não deu detalhes de como será implementada a política pública. A declaração foi feita em sua conta no Twitter. O passaporte da vacina servirá como um comprovante de vacinação contra a Covid-19.

Segundo o governador, a medida ainda não foi adotada, porque menores de 40 anos não receberam a segunda dose da vacina contra Covid-19 no estado.

“Nós vamos exigir o chamado passaporte da vacina para acesso a locais públicos. Esta medida não foi tomada ainda porque quem tem menos de 40 anos ainda não tomou a segunda dose. Queremos acelerar a vacinação para que as flexibilizações sejam feitas, mas com o devido cuidado”, escreveu Costa na rede social.

A CNN entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia para ter mais detalhes sobre o passaporte, mas não recebeu retorno até a publicação do texto.

Estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas, Ceará e Pernambuco já criaram protocolos de uso do passaporte da vacina.

witter Rui Costa
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou no Twitter que o estado exigirá o passaporte da vacina em locais públicos / Reprodução/Twitter

Mais Recentes da CNN