Brasil registra 98 mortes por Covid nesta segunda, menor índice desde abril de 2020

O número diário de óbitos por Covid-19 é o mais baixo desde o dia 11 de abril de 2020, quando foram reportadas 68 vítimas da doença no país

Vacinação contra a Covid-19 em Uberlândia (MG)
Vacinação contra a Covid-19 em Uberlândia (MG) Valter de Paula/Secom/PMU

Lucas RochaMariana Cataccida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 98 mortes e 3.838 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. O número diário de óbitos é o mais baixo desde o dia 11 de abril de 2020, quando foram reportadas 68 vítimas da doença no país. Nesta segunda-feira (1º), as médias móveis de óbitos e de infecções ficaram em 303 e 11.305, respectivamente.

Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Com a atualização, o país tem um total de 607.922 mortes e 21.814.693 infecções confirmadas desde o início da pandemia, em março de 2020.

Mundo tem mais de 5 milhões de vítimas da Covid-19

O número de pessoas que morreram de Covid-19 em todo o mundo ultrapassou os 5 milhões na manhã desta segunda-feira, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos. Leia mais.

Pandemia aumenta problemas físicos e mentais

Estudos compilados pela CNN mostram que a pandemia de Covid-19 trouxe um aumento de problemas físicos e emocionais entre os brasileiros. Menor sociabilização, mudança de rotina e a sobrecarga de trabalho são alguns dos fatores relacionados ao aumento de distúrbios mentais e problemas de postura. Leia mais.

Avanços na flexibilização

Nesta segunda-feira, o estado de São Paulo chega à última etapa de flexibilização das restrições contra a Covid-19. A partir de novembro, estão permitidos shows com a participação do público em pé, espetáculos, atividades de entretenimento, além do funcionamento de boates e o retorno integral do público aos estádios. Os municípios contam com autonomia para adotar ou não a decisão do governo estadual. Leia mais.

A cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, liberará a capacidade total de público em eventos a partir desta terça-feira (2). A medida também vale estádios de futebol, que passarão a receber 100% do público. Leia mais.

Reabertura de fronteiras

Após quase dois anos de fortes restrições para a entrada de estrangeiros, Argentina, Uruguai e Chile reabrem, a partir desta segunda-feira, as fronteiras para o turismo internacional. Leia mais.

Mais Recentes da CNN