Butantan entrega primeiro lote de vacinas da gripe atualizadas para cepa Darwin

Dois milhões de doses foram entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) nesta sexta-feira (25)

Instituto Butantan adiantou a entrega de vacinas contra gripe para a campanha de vacinação de 2022
Instituto Butantan adiantou a entrega de vacinas contra gripe para a campanha de vacinação de 2022 Rovena Rosa/Agência Brasil

Lucas Rochada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Instituto Butantan entregou, nesta sexta-feira (25), o primeiro lote de vacinas contra a gripe com a versão atualizada a partir da inclusão da cepa Darwin do vírus influenza A (H3N2). Ao todo, foram entregues dois milhões de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde.

Segundo o instituto, devem ser entregues 80 milhões de doses para a campanha de vacinação contra gripe até abril. A vacina contra a influenza do Butantan que será distribuída no Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente, composta pelos vírus H1N1, a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin.

Em dezembro de 2021, várias capitais apresentaram uma alta incidência de casos de gripe causada principalmente pela linhagem Darwin, que não fazia parte da composição da vacina utilizada no hemisfério Sul no ano passado.

O fenômeno incomum de aumento de casos também foi associado à baixa cobertura vacinal contra a gripe, à flexibilização das medidas de restrição adotadas como prevenção à Covid-19 e ao relaxamento da etiqueta respiratória, que inclui o uso de máscaras, a higienização das mãos e o distanciamento social.

Diferentes tipos de vírus da gripe

Existem quatro tipos de vírus Influenza: A, B, C e D – os dois primeiros são responsáveis por epidemias sazonais em várias regiões do mundo, com circulação predominantemente no inverno e, o terceiro, causador de infecções mais brandas. Já o vírus influenza D, identificado em 2011 e isolado nos Estados Unidos em suínos e bovinos, não é conhecido por infectar ou causar a doença em humanos.

O tipo A é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2). Os nomes das cepas são definidos pelas proteínas essenciais para a capacidade de infecção do vírus Influenza, a hemaglutinina (H) e a neuraminidase (N).

Existem pelo menos 18 subtipos de hemaglutininas e 11 subtipos de neuraminidases descritos pela ciência. O vírus A (H3N2), por exemplo, que tem circulado com maior predominância no Brasil em 2021, contém hemaglutinina subtipo 3 e neuraminidase subtipo 2.

Cuidados básicos ajudam a prevenir a gripe

Mais Recentes da CNN