China aprova vacina da Sinopharm contra a Covid-19 para uso geral

A aprovação vem um dia depois que a Sinopharm disse que sua vacina é 79,34% eficaz, citando análises provisórias de testes clínicos de fase 3

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Os reguladores chineses aprovaram a primeira vacina contra o coronavírus fabricada no país, desenvolvida pela gigante farmacêutica estatal Sinopharm. O anúncio foi feito pelas autoridades chinesas na madrugada desta quinta-feira (31). 

A aprovação vem um dia depois que a Sinopharm disse que sua vacina é 79,34% eficaz, citando análises provisórias de testes clínicos de fase 3.

Leia também:
Vacina da Sinopharm contra a Covid-19 tem 79% de eficácia, diz empresa
Luta contra a Covid-19 avança com remédio imunizante e mais 2 vacinas na fase 3

Vacina contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech
Vacina contra Covid-19
Foto: Owen Humphreys/Pool via Reuters (8.dez.2020)

A China ampliou drasticamente seu programa de uso de vacinas de uso emergencial nas últimas semanas. Desde 15 de dezembro, administrou mais de 3 milhões de doses de vacina em “grupos-chave” da população, disse Zeng Yixin, vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde da China, em entrevista coletiva hoje.

Isso se soma ao 1,5 milhão de doses administradas em “grupos de alto risco” até o final de novembro, acrescentou Zeng.

Entre os que foram vacinados , menos de 0,1% desenvolveram febre baixa e cerca de duas pessoas por milhão desenvolveram “reações adversas relativamente sérias”, como alergias, de acordo com Zeng.

O Beijing Biological Products Institute, uma subsidiária da Sinopharm, disse em um comunicado publicado na quarta-feira que os resultados provisórios mostram que a vacina Sinopharm é segura e as pessoas que receberam duas doses produziram anticorpos de alto nível.

Mais Recentes da CNN