Cidade de São Paulo tem mais de 90% dos adolescentes vacinados com 1ª dose

Capital paulista ultrapassou a marca de 17 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19; quase 80 mil pessoas já receberam o reforço vacinal

Jovem recebe vacina contra Covid-19 em São Paulo
Jovem recebe vacina contra Covid-19 em São Paulo 16/08/2021REUTERS/Carla Carniel

Rafaela Larada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A cidade de São Paulo ultrapassou a marca de 90% dos adolescentes vacinados contra a Covid-19 com a primeira dose. São 92,3% da população nesta faixa etária já com a primeira dose.

Conforme antecipou a CNN, o Ministério da Saúde recuou e voltou a orientar que a vacinação para adolescentes nesta quarta-feira (22) – a cidade de São Paulo manteve a vacinação desta população mesmo quando a pasta orientou a suspensão. A capital também caminha para superar sete milhões de adultos com esquema vacinal completo.

Já a marca de 17 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19 foi ultrapassada pela cidade de São Paulo nesta quarta-feira (22). A capital também caminha para sete milhões de segundas doses aplicadas em sua população adulta.

Segundo o boletim Vacinômetro, divulgado pela secretaria municipal da Saúde (SMS), a capital contabiliza 17.076.032 doses aplicadas em pessoas com idade acima dos 18 anos.

Em números absolutos, 10.284.198 pessoas já receberam a primeira dose (D1) e 6.389.688 já receberam a segunda dose (D2), completando o esquema vacinal com os imunizantes Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer.

A capital também já soma 322.280 moradores que receberam a dose única (DU) da vacina da Janssen – totalizando 6.711.968 pessoas que concluíram o ciclo vacinal.

Proporcionalmente, a capital registra 106,5% da cobertura vacinal em D1 e D2 e, alcança a marca de 72,7% de aplicações em D2 e DU.

A SMS ressalta que todas as vacinas disponíveis contra a Covid-19 foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como seguras e eficazes na proteção de formas graves da doença.

Adolescentes e dose adicional

A cidade de São Paulo também contabiliza 779.131 doses aplicadas em adolescentes dos 12 aos 17 anos de idade, o que corresponde a 92,3% da população nesta faixa etária, estimada em 844.073 jovens.

No momento, os adolescentes entre 12 e 17 anos são prioridade na campanha de vacinação, juntamente com os idosos acima de 80 anos, que já concluíram o esquema vacinal primário (D1 + D2) há mais de seis meses e agora podem receber a dose adicional.

Desde o dia 3 de setembro, a SMS convoca os idosos e adultos imunossuprimidos para o recebimento da dose adicional recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Até o momento 79.866 pessoas já receberam o reforço vacinal.

Mais Recentes da CNN