Cidade de SP inicia aplicação da 3ª dose em idosos de 80 anos nesta segunda

Primeira dose da vacina também estará disponível para pessoas imunossuprimidas com mais de 18 anos

João de Marida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A cidade de São Paulo começa a aplicar a 3ª dose da vacina contra a Covid-19 em idosos de 80 anos ou mais nesta segunda-feira (20). Pode tomar o imunizante adicional quem foi vacinado com a segunda ou dose única há mais de seis meses.

Segundo a prefeitura da capital paulista, o público estimado para receber a dose de reforço é de 144.415 pessoas.

Na hora da vacinação, é preciso apresentar o comprovante com ciclo vacinal completo, documento com foto e comprovante de residência.

A vacinação também estará disponível para pessoas imunossuprimidas com mais de 18 anos. A administração municipal estima um público de mais de 18 mil pessoas.

Para este grupo, no entanto, é preciso ter tomado a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos 28 dias.

No último dia 12, a cidade de São Paulo passou a vacinar com a 3ª dose os idosos de 85 anos ou mais. Foram cerca de 76 mil pessoas vacinadas.

Os idosos contemplados pela dose de reforço vão receber a vacina que estiver disponível, conforme informou a prefeitura.

“Xepa” da 3ª dose para idosos de 60 anos

Quem tem mais de 60 anos pode fazer a inscrição nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para receber a 3ª dose, caso sobrem vacinas próximo ao horário de fechamento do posto de saúde.

Assim como o grupo de idosos de 80 anos, para tomar a dose de reforço na “xepa” é necessário ter se vacinado com a segunda dose há mais seis meses na capital. Além disso, também é necessário apresentar o comprovante de vacinação com ciclo vacinal completo, documento com foto e comprovante de residência.

A prefeitura recomenda que a população acompanhe a disponibilidade de segundas doses dos imunizantes por meio da plataforma De Olho na Fila.

Nesta segunda-feira (20), toda a rede de vacinação estará aberta para o público que pode receber a primeira dose (D1), segunda dose (D2) e dose adicional.

A vacinação de pacientes que necessitam de atendimento residencial vacinação é feita pela equipe da UBS de referência, assim como nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e população indígena vivendo em aldeias na cidade de São Paulo.

Funcionamento dos pontos de vacinação

Drive-thrus e farmácias: vacinação D1, D2 e DA, das 8h às 17h;
Megapostos: vacinação D1, D2 e DA, das 8h às 17h;
Unidades Básicas de Saúde: vacinação D1, D2 e DA, das 8h às 19h;
AMAs/UBSs Integradas: vacinação D1, D2 e DA, das 7h às 19h.

A lista completa de postos pode ser encontrada na página Vacina Sampa.

Mais Recentes da CNN